Cabelo: Moroccanoil Shampoo e Condiotioner

Como já dito anteriormente, meu cabelo é alisado! Sofre constantemente com químicas, secador, chapinha, e claro, acaba ficando mais ressecado e quebradiço do que o normal!

Ou seja, ele é um cabelo difícil, complicado, não se dá bem com qualquer produto, infelizmente!

Há alguns anos, uma marca de produtos para cabelo bombou na blogosfera, todo mundo falava, comentava, comprava, usava e amava! Essa marca – e também suas fiéis usuárias – prometia um verdadeiro milagre capilar, regenerando, dando brilho, maciez, e mais vida aos fios! Era a linha Moroccanoil!

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Eu me contorcia de vontade de experimentar tudo o que a marca oferecia, especialmente o shampoo e o condicionador, mas o preço pouco acessível na época, aliado ao fato de eu não saber se estaria comprando um pote inteiro pra usar uma vez só (como eu fiz com milhares de outros produtos caríssimos que minha jubalina simplesmente rejeitou), me impediram de passar esse tal milagre divino na cabeça!

Mas como eu sou brasileira e não desisto nunca, recentemente comprei um pouco do shampoo e um pouco do condicionador fracionados, só para que eu pudesse experimentar e matar a lombriga de anos! E, claro, deixar a minha opinião sincera sobre os produtos aqui!

Devo dizer que a primeira impressão não foi das melhores! Ao utilizar somente o shampoo na jubalina, eu notei que ela ficou muito dura e meio elástica, sabe? Parecia que ía quebrar, não conseguia passar nem os dedos entre os fios! Ao contrário do que acontece com o Bain Nutri-Thermique da Kérastase que eu costumo usar normalmente, onde o cabelo já fica perfeito e super macio antes mesmo de condicionar!

Mas não me desesperei e apliquei condicionador! Como meu cabelo é muito seco, eu aplico no comprimento inteiro, e não só nas pontas! Tive que aplicar uma quantidade razoável pra começar a sentir a maciez da jubalina de novo, mas o condicionador acabou dando conta do recado! Consegui desembaraçar os fios sem maiores problemas depois disso!

Quando sequei e chapei o cabelo, não percebi nada de super maravilhoso e milagroso, só o fato dele parecer mais limpo que o normal. Mas isso se explica porque eu nunca uso outro shampoo que não o da Kérastase, que provavelmente estava deixando resíduos que o Moroccanoil retirou! Mas cadê o cabelo super macio, brilhante e sedoso?

O que posso dizer é que o resultado foi ok. Nada muito bom, mas também nada muito ruim! Normal mesmo!

Agora quero refazer essa experiência utilizando a máscara após o condicionador! E aí eu volto com a resenha por aqui!

Mas vale lembrar que esse foi o resultado do produto nos MEUS cabelos, que são bem peculiares! Pessoas com cabelos sem químicas, mais oleosos, mais lisos, ou mais finos que os meus podem adorar o efeito do shampoo e condicionador Moroccanoil em seus cabelos! É tudo uma questão de testar! =)

Cabelo: Kérastase Nutri-Thermique

Na minha opinião, o cabelo é o principal responsável pela auto estima da mulher. Pelo menos falando por mim. Como poucos sabem, o meu cabelo “original de fábrica” não é liso, mas sim um mix de emoções: a raiz era meio lisa, depois vinha um frisado estranho, pra culminar com cachos de Luluzinha por todo o comprimento. E como eu odiava o coitado, vivia com ele preso.

Até que apareceram com a bendita “escova japonesa”, em meados de 2002. Não pensei duas vezes, corri pro salão e fiz a tal escova. O cabelo ficou liso, pero no mucho. Mas, com o passar dos anos, foram aperfeiçoando a técnica, e hoje em dia eu faço a “escova definitiva”, que nada mais é do que um alisamento químico feito à base de amônia, que alisa os fios, e, ao contrário da “escova progressiva”, não tem validade, ou seja, não sai com o passar do tempo. A cada seis meses eu corro pro cabelereiro para retocar a raiz. E é claro que esse processo detona os fios, que NECESSITAM de uma boa hidratação.

Desde o primeiro alisamento, eu testei milhares de marcas de shampoos e condicionadores: L’anza, Paul Mitchell, Keune, Schwarzkopf (heim?) Bed Head… Tudo em vão. Não que sejam marcas ruins, pelo contrário, são ótimas… A jubalina aqui é que é osso duro de roer. Até que uma pessoa me sugeriu a linha Nutritive da Kérastase! Foi amor à primeira lavada!

DSC01586

A linha Nutritive foi desenvolvida justamente para cabelos como os meus, normais a extremamente secos. Os produtos nutrem os fios sem deixá-los pesados, proporcionando maciez e muito brilho.

Eu uso o shampoo Bain Nutri-Thermique, que nada mais é do que um shampoo de alta nutrição termo-potencializado para cabelos profundamente ressecados. Só de passar o shampoo, meu cabelo já fica muito macio e fácil de pentear. E como usar um simples condicionador não é suficiente para hidratar completamente a jubalina aqui, eu o substituí pelo uso da máscara Nutri-Thermique, que, por pedir enxágüe após 2 a 3 minutos no cabelo, faz TODA a diferença. Meu cabelo anda muito, mas muito mais macio, muito mais hidratado, mais fácil de desembaraçar e com muito mais brilho! Isso sem falar no cheiro do produto, que é delicioso!

Adorei, recomendo para todas, especialmente no inverno, que aí não precisamos nem ficar com peso na consciência de estar enxaguando o cabelo com água quente, hehehe! Mas mesmo sendo o princípio ativo dos produtos, depois de enxaguar com bastante água quente, eu finalizo a lavagem com um jato de água fria pra selar bem as cutículas do cabelo!

Os defeitos desses produtos? O preço, principalmente. E o fato de só encontrarmos em salões conselheiros Kérastase.

O post ficou enorme, mas é que eu tenho tanta coisa pra contar quando o assunto é cabelo, hehehe!

Espero que gostem das dicas, e que experimentem os produtos para ficarem com os cabelos mais lindos do que eles já são! =)