Gisele Bündchen Está em Todas!

Pausa na programação normal desse blog pra um post que deveria ter ido ao ar na sexta-feira, mas por motivos de ligamento de pescoço inflamado e muito, mas muito repouso forçado, com acesso ao computador liberado só hoje, eis a postagem com dias de atraso!

Se você é brasileiro, você com certeza viu – e se emocionou muito – com pelo menos alguma parte da abertura das Olimpíadas Rio 2016! Razões políticas para escrachar o evento à parte, foi sim um espetáculo lindo de se ver, em todos os sentidos!

Mas como o assunto principal do blog é moda, e inclusive é com isso que eu trabalho, não poderia deixar de focar exatamente nesse pequeno trecho da abertura, onde a nossa übermodel brasileira, Gisele Bündchen, atravessa os 120m do palco do espetáculo no Maracanã, e simplesmente rouba a cena!

Foi apenas um recorte maravilhoso de muitos momentos marcantes, mas devo dizer que foi um dos que mais repercutiu por aí! Gisele estava maravilhosa, deslumbrante, desfilou como a verdadeira diva que é sem perder a pose ou descer do salto, literalmente! Em um longo super sexy com fenda e decote, do estilista Alexandre Herchcovitch feito sob medida pra ela, inclusive, com ajuda da musa, a modelo brilhou – literalmente – pois além de tudo, o vestido oscilava entre o prata e o dourado, dependendo de como a luz incidia sobre ele!

Foi o espetáculo do espetáculo!

GB_Vestidos

Imagens: Reprodução

E eu não pude deixar de comparar com a final da Copa do Mundo 2014 aqui no Brasil, onde Gisele também foi uma das estrelas da ocasião, quando entrou no mesmo Maracanã de sexta-feira, mas dessa vez de dia, juntamente com o jogador espanhol Puyol, carregando nada mais, nada menos, do que a taça do campeão!

Para a ocasião, escolheu um Louis Vuitton colorido e curto, que, apesar de muito criticado, eu adorei! Achei perfeito para o evento em questão, afinal, era uma festa de dia, mais despojada, não pedia – e nem caberia – um traje de gala, e venhamos e convenhamos, ela segura muito bem o que colocarem nela!

Gisele definitivamente está em todas e arrasa sempre, não importa a ocasião, não importa o dress code! Mas e você, qual vestido da musa faz mais seu estilo?

Anúncios

O Estilo de Gisele Bündchen

E eis que a nossa über model deu o que falar essa semana, mas, infelizmente, o motivo não foi dos melhores! Sinceramente, se a Gisele foi mesmo traída pelo marido, ele precisa de apenas uma coisa: um par de óculos! Porque venhamos e convenhamos, né… Achar coisa melhor é difícil!

Mas escândalos à parte, já que esse é um blog de moda e não de fofoca, hahaha, hoje eu resolvi analisar o estilo dessa super diva, fora das passarelas! Gisele Bündchen sendo gente como a gente!

Separei alguns looks pra gente dar uma olhada, e se inspirar com ela, claro!

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

Já que o friozinho voltou, vamos começar pelas inspirações de Inverno? Repare como ela é bem gente como a gente mesmo: um clássico jeans com sweater listrado, ou um look total black com legging e jaqueta de couro mais um lenço quebrando a monotonia, um colete de pêlos com camisa xadrez, ou somente o básico jeans, t-shirt e jaqueta! Looks super usáveis por qualquer uma de nós, não é mesmo?

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

Nos looks de Verão, a mesma coisa: a Gisele opta sempre pelo básico! Um shorts jeans e uma blusinha, muitas vezes em cores neutras, e uma rasteirinha no pé! E pronto, tá arrasando muito mais do que qualquer mulher que se monta toda e sai pra rua toda produzida! Até descalça, escondendo o rosto com chapéu e com um vestidinho meio sem graça ela tá melhor que muita gente em traje de gala, hahaha!

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

E falando em traje de gala, alguns looks de Festa! Eu simplesmente fiquei apaixonada pelo vestido Louis Vuitton que ela usou na abertura da Copa do Brasil! Lindo, fofo, discreto, e mesmo assim roubou total a cena! Já pra uma festa em Nova York, apostou em um curto azul cheio de brilhos e com um super decote, extravasou na extravagância, e mesmo assim continuou fina e chiquérrima! Nos dois longos para o Baile do MET, muito, mas muito glamour, seja num Alexandre McQueen vermelho de tirar o fôlego, ou num Balenciaga brocado preto divino!

Em suma, o que mais me surpreendeu ao analisar o estilo da top foi descobrir que, no dia-a-dia, Gisele é super básica e parece prezar pelo conforto! São produções obviamente pouco pensadas, mas que, mesmo assim, ela segura como ninguém e dá seu brilho especial ao comum, deixando tudo maravilhoso!

E vocês, curtiram? =)

O Fim da Revista Capricho

Foi anunciado hoje pela editora Abril o fim da versão impressa da revista que marcou a adolescência de muitas meninas brasileiras, a Capricho! Resistiu bravamente a diversas gerações, de 1952 a 2015, mas perdeu a luta pra Internet… A partir de agora, as adolescentes contarão apenas com uma versão online da revista, que passa a ser publicada semanalmente! E logo esse assunto se tornou viral…

E eu não poderia deixar de fazer um post a respeito, afinal, a revista Capricho fez parte da minha adolescência, e me acompanhou como uma amiga fiel até eu virar adulta, e não me identificar mais com suas matérias…

Me lembro como se fosse ontem, quando fui na banca atrás da minha primeira revista Capricho, cuja capa era com a Sandy ainda criancinha, em um fundo cheio de balões coloridos, inspirada pelas outras meninas da minha sala que andavam pra lá e pra cá com a revista impressa. Estava esgotada! Tive que esperar longos quinze dias para a próxima edição, com a então nada conhecida modelo Alessandra Ambrósio, usando um vestido que nos alertava sobre o Dia Mundial da Luta Contra a AIDS!

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

Viciei e virei até assinante da revista! A minha capa preferida era a capa com as modelos Gisele Bündchen (na época, longe de ser a über model que é hoje) e Barbara Larsson, de quem eu era fã, especialmente por causa de seu cabelo maraaaaa! Coincidências da vida, acabei encontrando com ela sem querer ano passado e até tirei foto, bem estilo tiete mesmo, de tanto que a revista me marcou – e ela vira e mexe era a garota da capa!

Ok, os assuntos eram muitas vezes BEM machistas, polêmicas meio supérfluas, matérias muitas vezes praticando bullying… Mas mesmo assim, era o nosso único acesso à informação em uma época bem diferente de hoje, onde o Google ainda não existia! E para poder saber notícias dos nossos ídolos, ou mesmo saber montar um look do dia, ou até mesmo saber se o boy magia estava a fim da gente (ai, aqueles testes…) tínhamos que recorrer à Capricho, e ponto final!

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

Me lembro da ansiedade que era esperar o cara do correio chegar na quinta-feira com a revista novinha, pra poder folheá-la de cabo a rabo até esperar ansiosamente pela outra… E era justamente essa a graça, folhear, pegar, sentir, cheirar, carregar pra lá e pra cá, e muitas vezes picotar ela inteira atrás de material pra colorir a agenda…

Definitivamente, é o fim de uma era!