Dica de Restaurante: Abbraccio Cucina Italiana

abbraccio

No começo desse ano começou um burburinho aqui pela Zona Leste de São Paulo devido à inauguração de um novo restaurante no Shopping Anália Franco, o Abbraccio Cucina Italiana! Muita gente fazendo check-in no Facebook, postando foto das comidas no Instagram, e é claro que a gordinha aqui não aguentou de curiosidade e foi lá conferir qualéquiera!

Trata-se da versão italiana da mesma linha de restaurantes do Outback! A minha cabeça de Fantástico Mundo de Bob logo imaginou um ambiente bem característico, uma típica cantina italiana, com garrafas de vinhos, bandeirinhas e prosciuttos pendurados no teto! Que nada!

Logo ao chegar na entrada do restaurante, você já vê a semelhança com o irmão mais conhecido aqui no Brasil, e ao entrar, se depara com um restaurante com decoração bem contemporânea, com quase nada remetendo à Itália!

fachada_ambiente

Fachada e Ambiente Interno

Mas como o que interessa é o cardápio e não a decoração, a gente supera o que for caso a comida seja boa! E olha… É!

Logo ao sentar à mesa, o garçom já serve um pãozinho quentinho com um azeite de ervas pra tchotchar! Bem italiano e bem gostoso! Entradinha? Nada de Appetizers, aqui no Abbraccio as entradas são conhecidas como Antipasto! São várias opções: tiras de muçarelas ao molho marinara, bruschettas, lulas empanadas, bolinhos de risoto, entre muitos, ou para os indecisos, uma seleção das últimas três entradas em uma cajadada só!

antipasti_insalata

Bruschetta Caprese e Insalatta Toscana

Para quem não abre mão da salada antes do prato principal, o restaurante também oferece diversas opções, entre elas a clássica Insalata Ceasar, uma Insalata da Casa, e a Insalata Toscana, que nada mais é do que frangos ou camarões grelhados servidos sobre folhas frescas com morangos, cebola roxa, nozes e tomates! Eu não experimentei mas imagino como deve ser deliciosa! Se você prefere abrir o apetite com uma sopa, e não com salada, a casa também oferece duas opções: Pollo di Sicilia, que é uma sopa de frango com legumes, e Zuppa di Lenticchia con Salsiccia, que não precisa falar italiano pra saber que se trata de sopa de lentilhas com linguiça! Essa última eu experimentei e é de-li-ci-o-sa! Separando sílaba mesmo de tão bom!

Vamos ao prato principal? Como um bom restaurante italiano tem que ser, os carros chefes do restaurante são as Pastas! E são tantas opções gostosas que fica difícil decidir o que pedir: você pode optar por um clássico, que dispensam maiores apresentações, como um Spaghetti Clássico, ou um sempre delicioso Carbonara di Roma, uma Lasagna all Bolognese ou então um Gnocchi al Pesto!

pastas

Carbonara di Roma e Linguine con Gamberi e Vieiras alla Vodca

Para sair do comum, vá de Lasagna Bianca, com creme de brócolis, espinafre e um mix de queijos! Ou então um Orecchiette ai Formaggi, com molho Alfredo com mix de queijos! Dentre os raviólis, você pode optar pelo de Funghi, de queijos, de lagosta ou de presunto e queijo! Nada mal! Gosta de nhoque? Gnocchi al Ragu di Maiale, que é o nhoque com o molho do cozimento da própria paleta suína para fazer o ragu! Hmmmm! O Fettuccine Alfredo da casa foge do tradicional, pois leva frango ou camarões grelhados no preparo, assim como ervilhas e cogumelos! Se você é fã de molho Alfredo, você pode optar pelo Pappardelle al Ragu di Ossobuco, que é justamente uma massa bem larga com o famoso molho, coberto por um ragu delicioso! Eu optei pelo Linguine con Gamberi e Vieiras all Vodca, que nada mais é do que um linguine salteado com camarões e vieiras ao molho rosê (sugo + branco) com um toque de vodca! E eu posso afirmar com toda certeza: um dos melhores macarrões que eu já comi em toda a minha vida! Cheguei no restaurante sem fome, com dor de estômago, ao ver o tamanho do prato tive a certeza que não conseguiria comer tudo, mas limpei o prato de tão bom que é! Super recomendo!

Mas nem só de massas vive um restaurante italiano! A casa oferece várias opções de pratos com Frango, como o tradicional Pollo Parmigiano, ou os inéditos Pollo Marsala, que é um frango grelhado ao molho de cogumelos, prosciutto e vinho Marsala, Pollo Fontina, que é um frango grelhado recheado com queijo fontina e presunto, e coberto com molho de manteiga ao limão, ou Pollo Brianni, que é um frango coberto com queijo de cabra e tomates secos, com o famoso molho de manteiga ao limão!

pollo_pesce

Pollo Brianni e Trotta alla Griglia

Tá a fim de um peixe? Vá de Salmone alla Griglia, um salmão grelhado com vinagrete de tomate e manjericão, ou então de Trotta all Griglia, uma truta grelhada com o molho de manteiga ao limão com tomate e dill, ou até mesmo de Tilapia all Griglia, onde a tilápia vem grelhada e você pode escolher um dos molhos citados anteriormente! Prefere frutos do mar? O prato Spiedino di Mare é a pedida certa: camarões e vieiras levemente empanados cobertos com o molho de manteiga ao limão! Você também pode optar por unir  mar com terra no Gamberi con Prosciutto, que são espetinhos de camarões grelhados envoltos com prosciutto, servidos com risoto crocante de quatro queijos!

Claro que a boa e velha Carne, queridinha dos brasileiros, não poderia faltar no cardápio, e aqui também são muitas opções, como os clássicos Milanese di Manzo, Filetto Marsala, Filetto Parmigiano e Polpettone con Polenta! De fora do comum, Filetto Brianni, que é a versão com filé mignon do Pollo Brianni, ou Filetto Fiorentina, um corte de 230g do miolo do filé mignon grelhado ao tempêro de azeite de oliva, balsâmico e ervas finas! Para os amantes de costela, Ribeye com Salsa Dijon, Brasato al Chianti, costela desossada coberta com molho Chianti e servida com purê de batatas e aspargos grelhados, ou até mesmo Brasato con Risotto, um risoto de queijos com costela desossada coberta com molho de vegetais e vinho tinto!

carne_pizza

Filetto Marsala e Pizza Margherita

Como um bom restaurante italiano, o Abbraccio também oferece alguns sabores de Pizza, servidas em tamanho individual! Entre elas, as famosas Margherita, Calabrese, Quattro Formaggi e Pepperoni! De diferente, a pizza de Pesto e Prosciutto, com redução dos molhos Alfredo e Pesto, cobertos com muçarela, rúcula, tomate seco, prosciutto assado e redução de balsâmico!

Os amantes de Risoto também vão encontrar três opções deste famoso prato italiano, Risotto ai Funghi e Tartufo, com cogumelos, Risotto al Ragu di Maiale, com paleta suína, e Risotto ai Gamberi, com camarões!

Cardápio completo e maravilhoso pra ninguém botar defeito, né? Os preços não são dos mais baratos, mas valem o que se come! E além de tudo, o Abbraccio ainda oferece aos seus clientes algumas promoções imperdíveis!!!

Tá indo com a família toda e não tá a fim de gastar muito? Peça pelos Pratos Família, ou I Piatti di Famiglia, que são várias opções do cardápio só que em porções maiores, e claro, preços mais em conta do que pedir um prato individual pra cada membro da família! São servidos exclusivamente nos jantares de segunda a sexta, ou sábado e domingo o dia todo!

Tá a fim de comemorar o Happy Hour por lá também? No Celebrare, de segunda a sexta (exceto feriados) das 17:30 às 20 horas, você saboreia drinks, taças de vinho e chopps com 50% de desconto, e ainda pode aproveitar pra saborear os Antipastis da casa!

E o melhor de todos, que eu tive a oportunidade de provar: Cardápio Mezzogiorno! Válido pros almoços de segunda a sexta (exceto feriados, das 12 às 15 horas), onde você escolhe uma Entrada (salada ou sopa), um Prato Principal (pasta, carne, peixe ou frango), e se você optar por uma das últimas três opções de pratos principais, você também pode escolher um Acompanhamento! Para massas, R$47,00! Para carne, frango ou peixe, R$49,00! Óbvio que você não vai encontrar nesse cardápio promocional todas as opções do cardápio normal, mas são muitas opções, todas elas tiradas do cardápio principal (não é aquela pegadinha de um prato mais básico ou mais simples que os da casa pra justificar o menor preço)! Eu optei por começar com uma sopa de lentilha com linguiça deliciosa, depois pedi o Scallopine Marsala acompanhado de Fettuccine Alfredo! Sério, um dos melhores pratos que eu comi na vida também! Carne no ponto certo, super temperada, e a pasta veio pra equilibrar todos os sabores! Muito, mas muito bom mesmo!

Independente do cardápio ou prato que for pedir, a casa também oferece uma vasta carta de vinhos pros clientes escolherem, além de cocktails especiais, caipirinhas e até mesmo sangrias italianas, com frutas vermelhas ou frutas cítricas, além de cervejas e chopps! Para quem não é fã de álcool, chás gelados, sucos, refrigerantes e águas fazem parte do menu, além do cafezinho no final!

drinks_dolci

Sangria Italiana e Mini Cannoli

Depois de toda comilança, se ainda sobrar lugar pra sobremesa, a parte de Dolci também é bem completa e parece ser deliciosa – e eu digo parece porque é claro que não sobrou espaço pro doce, hahaha, nunca sobra! A Sfingi con Caramelo Salato é um bolinho de ricota com laranja, limão e baunilha, servido com caramelo e flor de sal! A Crostata di Mela é uma massa folhada recheada com maçã e avelã e servida com sorvete de creme e calda de caramelo! O Budino di Pane Limocello é um pudim quente de brioche com limoncello, servido com sorvete de creme e calda de licor da famosa bebida! O Tiramisù já é um clássico, mas pra quem não conhece, trata-se de biscoitos embebidos em café e licor de Amaretto, junto com camadas de creme de Mascarpone com rum e licor de café, cobertos com raspas de chocolate meio amargo! O Girelle ao Ciocollato é um bolo de chocolate recheado com creme de chocolate servido com morangos e trufas caseiras! E os Mini Cannolis são massas italianas crocantes recheadas com creme de ricota e gotas de chocolate, polvilhadas com açúcar de confeiteiro e pistache! Pra quem está em dúvida sobre o que pedir, a casa também oferece a opção Dolci Selezioni, um mix das últimas três sobremesas supracitadas!

Se depois de todo esse relato você não ficou com vontade de conhecer o Abbraccio, é porque você definitivamente não gosta de comida italiana!!! Pode ir sem medo, você vai amar!!! E se você já conhece, está mais do que na hora de voltar!!! Me chama!!! =)

Dica de Restaurante: Famiglia Mancini

FamigliaMancini

Ao entrar na Rua Avanhandava, em pleno centro de São Paulo, você vai se sentir como se tivesse sido teletransportado pra qualquer outro lugar do mundo que não seja o centro dessa grande e caótica metrópole!

Em meio a essa rua bucólica, com calçamento diferente das demais, jardins espalhados pelas calçadas e luzinhas coloridas de um lado a outro da rua, encontra-se o restaurante Famiglia Mancini!

Trata-se de uma das cantinas italianas mais tradicionais de São Paulo! Difícil conseguir enxergar a fachada, que está sempre lotada de gente esperando para sentar em um dos seus 150 disputadíssimos lugares! Ao entrar no restaurante, você se sente em uma cantina italiana, com a decoração bem típica: milhares de garrafas e bandeirinhas penduradas no teto, muitos quadros nas paredes de tijolinho à vista, e diversas mesas com a toalha xadrez vermelha, verde e branca! A vontade de comer aquela massa deliciosa aumenta ainda mais!

Fachada+Ambiente

Fachada e Ambiente Interno

Enquanto você espera pelo seu pedido, você pode atacar a mesa de antepastos, que reúne tudo de mais italiano que existe nesse mundo: alcachofras, pães italianos, sardelas, alichellas, azeitonas, prosciutto crudo, e queijos, muitos queijos! São mais de cem opções! Você pode se servir à vontade, mas fique atento que não é cortesia da casa: você paga por quilo! E não é tão barato quanto se espera…

Antepasto+Couvert

Mesa de Antepastos e Couvert

Caso queira algo mais em conta, aceite o couvert: uma cestinha de pães diversos, entre pães italianos, foccacias, brioches e grissinis, com uma manteiga deliciosa para acompanhar!

Mas não se empanturre muito, pois os pratos principais são bem fartos! Inclusive todos eles servem duas pessoas segundo o menu, cada uma comendo e repetindo pratos bem servidos, mas acredite-me, dá tranquilamente pra quatro pessoas comerem um prato único e farto e saírem satisfeitas!

Eu nunca consegui ir ao Famiglia Mancini e pedir outra coisa senão una bella pasta! Não adianta, você acaba entrando na atmosfera do lugar e só consegue pensar no macarrão! Inclusive, todas as vezes que eu fui, eu optei pelo Spaghetti à Carbonara, que é simplesmente divino! Diferente da receita tradicional italiana, o da casa vai creme de leite no preparo, e é servido com alguns tomates cereja quentes, que dão o toque diferente e especial ao prato! Já experimentei também os pratos dos meus pais, o Nhoque ao Sugo e o Talharim à Mamma di Lucca, ambos com molho de tomate caseiro, mas devo dizer que achei meio ácido! Vou ter que voltar lá qualquer dia pra tirar essa cisma, hehehe!

Pastas

Spaghetti à Carbonara e Spaghetti com Frutos do Mar

Outra opção que me deixou morrendo de vontade de experimentar foi o Spaghetti com Frutos do Mar! Como vocês sabem, eu amo camarão, mas o restaurante Famiglia Mancini não é o lugar ideal para se deliciar com esse crustáceo: os pratos são externamente caros! Pode até valer o custo X benefício, mas eu não estava disposta a correr o risco!

Mas nem só de massas vive essa cantina italiana: você pode optar por um belo risoto, outro prato delicioso e tipicamente italiano! São diversos os sabores, com destaque especial ao Risoto de Bacalhau, um dos mais pedidos pelos clientes da casa!

Polpettone+Risoto

Polpettone e Risoto de Bacalhau

Para os carnívoros de plantão, vá direto à parte de carnes do cardápio, e escolha uma das estrelas do restaurante, como o Polpettone, um grande bolo de carne moída recheado com muçarela e coberto com molho de tomate e parmesão, acompanhado de uma massa sem recheio ou arroz com fritas! Já experimentei esse e também é muito bom! Outro prato que está na lista dos mais pedidos é o Medalhões ao Vinho! Ou que tal um frango? Diz que o Galeto da Mamma também é muito bom!

Você também pode optar por pratos com peixes, destacando-se a Pescada Amarela Grelhada ao Molho de Ervas, Manteiga e Vinho Branco, que acompanha Risoto Primavera, e que também é um dos pratos mais pedidos da casa! E o melhor, você mata dois coelhos numa cajadada só, pois experimenta o peixe e o risoto em um prato só!

Peixe+Sobremesa

Pescada Amarela Grelhada e Crème Brûlée

Se depois de toda essa comilança ainda rolar espaço para a sobremesa, você pode optar por um dos vários doces no cardápio, como petit gateau, mousses, tortas, pavês ou pudim, mas eu iria mesmo de crème brûlée, que é francês, não tem nada de italiano, mas é a minha sobremesa favorita de todos os tempos! Me julguem! Hahahaha!

Enfim, vale muito a pena conhecer o Restaurante Famiglia Mancini, não só pelos pratos deliciosos, mas por toda a experiência gastronômica farta, super bem servida e lúdica, onde você é teletransportado de alma para uma típica cantina da Itália com atendimento único e sem igual! O preço pode assustar de início, mas não se esqueçam que os pratos servem mais de uma pessoa!

Vão, aproveitem, e depois me contem! E ah! Mangia che te fa bene!!! =)

Dica de Pizzaria: São Pedro

PizzariaSãoPedro

Pizza é tão importante para o paulistano, que dia 10 de julho foi comemorado na cidade de São Paulo o dia da pizza! E não é pra menos, só por aqui se consome mais da metade das pizzas do Brasil inteiro! É muito amor pela redonda!

E pro dia não passar em branco aqui no blog, a dica de hoje é de uma pizzaria mais do que tradicional na cidade, a Pizzaria São Pedro! Localizada na Mooca, como toda boa casa italiana tradicional, ela já é sucesso entre os moradores do bairro e arredores há 50 anos, e tenho certeza que muita gente atravessa a cidade só para provar uma de suas famosas pizzas!

A fachada é simples, nada muito rebuscado! Uma imensa pizzaria em uma rua tranquila desse bairro de descendentes de italianos, que perde o sossego especialmente nas noites de sábado, que é quando o paulistano mais come pizza!

Fachada+Salão

Fachada e Salão

Lá dentro, dois salões dividem os 350 clientes que optarem pela mesa comum! O burburinho de muita gente falando alto é típico da casa e de seus tradicionais clientes, boa parte também descendente de italianos!

A grande sacada dessa pizzaria é o balcão, onde você pode chegar, sentar, e comer uma pizza individual, de 25cm, sem precisar ocupar uma mesa inteira, caso esteja sozinho, e sem precisar ficar na fila de espera, que costuma ser grande!

Balcão+Adega

Balcão e Adega

Para acompanhar uma boa pizza, um belo vinho! A casa também oferece uma adega climatizada completa, com cerca de 250 rótulos da bebida, provenientes de vinícolas de várias partes do mundo!

Mas chega de falar do lugar e vamos partir para o que interessa de fato: a pizza! Na minha opinião, uma das melhores de São Paulo, senão a melhor, e isso sem exageros!!! Tudo é muito gostoso: a massa fina, com bastante molho de tomate bem temperado e delicioso, tudo isso coberto com uma muçarela que já derrete só de olhar, imagina na boca! Inclusive, qualquer pizza que tenha esse queijo é mais do que recomendada! Mas não deixe de experimentar a clássica muçarela! Vai por mim!

Pizzas

Pizzas

Quando até uma não entusiasta de saladas como eu gosta muito da pizza de rúcula com tomate seco, é porque a casa manda muito bem e sabe o que está fazendo mesmo! Outra recomendação, para provar que a São Pedro oferece muito mais além das pizzas tradicionais e clássicas!

São muitos sabores, e várias variações entre sabores principais! Você com certeza vai achar um sabor que te agrade! Mas tenho certeza que vai achar vários!

Se ainda sobrar espaço depois de tanta pizza boa, é hora da sobremesa! Você pode escolher entre um belo petit gateau, uma taça de sorvete, um pudim, um mousse de chocolate, ou creme de papaia com cassis! Nunca consegui experimentar nenhuma, pois nunca sobra espaço para o doce, hahaha!

Sobremesa+Cocktail

Petit Gateau e Cocktails

E pra você que não curte vinho, a pizzaria oferece diversos tipos de bebidas, como refrigerantes, sucos naturais, cervejas, caipirinhas, batidinhas, licores, wiskies e cocktails com ou sem álcool!

Se você já conhece a Pizzaria São Pedro, tenho certeza que está salivando só de lembrar das coisas boas que a casa oferece, e já até marcou a próxima ida pra lá! Se você ainda não conhece, pode ir sem medo, eu super recomendo! Mesmo que você more longe, vale o deslocamento! =)

Rio Grande do Norte: Capítulo 4

Capítulo4

Quando eu vejo a previsão do tempo nos noticiários, com máxima de 10 graus pra São Paulo e 30 graus pra qualquer estado nordestino, a minha vontade é de largar tudo e voltar pra lá! Mas já que não dá, resolvi escrever esse post pra retornar pelo menos em pensamento!

O assunto do capítulo de hoje é uma das cidades mais badaladas do Rio Grande do Norte, mas não é Natal e nem fica nos seus arredores! Quem já foi pra lá, sabe que eu estou falando de Pipa!

Localizada ao sul do estado, a aproximadamente 80km da capital potiguar, o que dá mais ou menos uma hora na BR-101 completamente duplicada em todo o trajeto, Pipa é parada mais do que obrigatória para quem visita o Rio Grande do Norte! Tão obrigatória que muita gente vai pro RN somente para curtir essa vila tão famosa!

É um dos points dos estrangeiros que visitam o nordeste atrás de sol! Foram eles, aliás, que descobriram esse paraíso! E muitos deles continuam por lá, donos de pousadas, restaurantes… Você vai perceber, a língua que menos se fala em Pipa é o português, hahaha!

Brincadeiras à parte, vamos conhecer melhor o que esse paraíso tem a nos oferecer?

PRAIAS

Assim que chegamos na vila, fomos direto para a Praia do Madero, famosa pelas suas ondas, e o lugar ideal para a prática de surf! Estacionamos o carro num estacionamento na beira de uma estradinha, e descemos uma escadaria de madeira meio rústica que liga o topo das falésias até a faixa de areia da praia!

DSC02281

Praia do Madero

Ao chegar no lugar, ficamos embasbacados com tamanha beleza: o mar azul esverdeado encontra o colorido das falésias, e o resultado é encantador! Além da beleza natural, a praia também conta com algumas barraquinhas que vendem bebidas e quitutes, além de alugarem espreguiçadeiras e guarda-sóis para os turistas! Rola até aluguel de caiaque e prancha de surf, caso você queira se arriscar! A dica mais preciosa: chegue cedo na praia, pois depois das 15 horas (no verão), a falésia já esconde o sol, e a praia fica toda sombreada! Claro que ela continua linda, especialmente porque, quando estávamos por lá, vimos a lua nascendo no mar, mas praia pede sol, então, fica a dica!

No segundo dia, fomos para a praia mais conhecida de Pipa: a Praia do Amor! Tem esse nome porque, na maré baixa, o mar forma a parte de cima de um coração na areia, coisa mais linda de se ver! Essa praia também conta com estacionamento, mas dessa vez, cobrado! Quando você chega aos pés da falésia para começar a descer até a areia, uma placa super fofa deixa claro onde você está!

DSC02292

Praia do Amor

A vista é espetacular, e vale perder alguns minutos por lá contemplando-a! Você não vai se cansar, mas eventualmente vai querer descer! Aqui, a escadaria é ainda mais roots: degraus escavados na própria falésia, sem nenhum guarda-corpo ou coisa do tipo! Provavelmente não é todo mundo que consegue descer, infelizmente! Lá embaixo você também conta com barracas que vendem bebidas, comidinhas, e, caso você resolva ficar em uma delas, elas te emprestam de graça sua espreguiçadeira e guarda-sol! Vale a pena, porque eventualmente, pelo menos um coco gelado você vai querer tomar! A praia também é point de surfistas, e, quando estávamos lá, inclusive, estava tendo campeonato de surf estadual! Muito legal!

Saindo da Praia do Amor, à esquerda, fica a Praia do Centro! É a praia mais acessível da região, com uma rampa que liga a Avenida dos Golfinhos, a rua principal de Pipa, até a faixa de areia! Mas também, é a praia que tem menos belezas naturais! Muitas barraquinhas e mesinhas de plástico ocupam a faixa de areia! Vale como ponto de partida para outras praias com acesso mais prejudicado!

Se você continuar a caminhada rumo à esquerda, depois de aproximadamente 1h30, você chegará no lugar mais maravilhoso da vila: a Baía dos Golfinhos! E vale cada minuto da caminhada, pois essa praia é deslumbrante! Aqui, as falésias, ainda mais íngremes do que o normal, ficam completamente coloridas, cada faixa de uma cor, e o azul esverdeado do mar completa a paisagem que já é perfeita!

DSC02340

Baía dos Golfinhos

Para deixar a sua experiência por lá ainda mais completa, à tarde, simpáticos golfinhos costumam aparecer perto da areia para dar um oi para os turistas! Eu não vi, já que fui de manhã, mas deve ser lindo demais! Inclusive, fica a dica: para chegar nessa baía, a maré precisa estar baixa, pois na maré alta as muitas pedras que você encontra pelo caminho prejudicam a passagem!

PONTOS TURÍSTICOS

Se você resolver rumar à direita quando estiver na Praia do Amor, vai dar de cara com uma escada que te leva diretamente a um platô em cima da falésia: trata-se do famoso Chapadão! Segundo o dono da barraca que ficamos, é onde você vai tirar as melhores fotos da sua viagem, e ele tinha razão!

DSC02360

Chapadão e o Namorado Lindo

Imagine três faixas de cores maravilhosas que deixam qualquer foto ainda mais maravilhosa: o laranja da falésia, que estava ainda mais bonito com a luz do fim de tarde, quando visitamos o lugar (que também tem acesso por fora da praia, rua asfaltada e tudo mais), o verde do mar, e o azul do céu! Perfeito! Fora a vista que você tem da Praia do Amor! Dá pra ver, inclusive, o tal do coração, mas depende da maré! Achamos o lugar tão lindo que voltamos lá no dia seguinte para contemplar o nascer do sol de lá, e devo dizer que valeu acordar às 4 da manhã: o espetáculo é de tirar o fôlego!

DSC02428

Nascer do Sol no Chapadão

A noite chegou, e não dá mais pra curtir a praia! O que fazer? Correr para a Avenida dos Golfinhos, a principal rua de Pipa, onde os melhores restaurantes da cidade se concentram, e dividem espaço com lojinhas, supermercados, e algumas baladinhas!

a-noite-na-vila-da-praia-da-pipa-rn-e-agitada-ha-bares-restaurantes-e-baladinhas-para-publicos-de-diversos-estilos-1378512034775_956x500

Avenida dos Golfinhos

Mesmo que você esteja super cansado, vale o passeio por lá, é uma delícia! As ruas de paralelepípedo e as casinhas todas coloridas mostram a beleza da simplicidade do lugar! Além do mais, é lá que você vai encontrar o que ou onde jantar, provavelmente, pois o resto da vila não tem muito o que oferecer nesse quesito!

Pipa, na verdade, é uma vila de Tibau do Sul, esse sim, o município oficial! E na cidade existe mais coisa pra fazer além da famosa vila! Infelizmente, não tivemos tempo de fazer esse passeio, mas ficamos com muita vontade, porque, pelas fotos que vimos, parece ser realmente lindo: apreciar o pôr-do-sol da Lagoa de Guaraíra! Se você não estiver de carro e mesmo assim quiser fazer esse passeio, existem várias pessoas na Avenida dos Golfinhos vendendo um pacote, que inclui até passeio de barco pela lagoa para apreciar o espetáculo da natureza!

lagoa_guaraíra

Lagoa de Guaraíra

GASTRONOMIA

Como já dito anteriormente, é na Avenida dos Golfinhos que se encontram os melhores restaurantes de Pipa! E por lá, você encontra de tudo: muitas cantinas italianas, casas especializadas em frutos do mar, creperia, restaurantes japoneses e até lanchonetes! Vai do gosto de cada um! Mas como eu sou viciada em camarão, e o Rio Grande do Norte é um dos principais produtores do crustáceo, não tive dúvidas de que jantaria nas minhas duas noites em alguma casa que servisse essa iguaria, hahaha!

E de fato, assim o fizemos! Na primeira noite, depois de percorrermos a avenida de cabo a rabo, escolhemos jantar no La Terrazza, um restaurante que fica no andar de cima de uma galeria de lojas, em um amplo terraço com vista para o centrinho! Pedimos um macarrão com molho ao sugo e camarão, e devo dizer que foi o melhor que eu já comi na vida! Temperado com perfeição, só de lembrar me dá vontade de me teletransportar pra lá agora, hahaha! Super indico! O atendimento também é ótimo, todo mundo super atencioso e simpático!

IMG_1628

La Terrazza

Na segunda noite, optamos pela Fazenda do Camarão, que não fica na avenida principal, mas em uma vielinha perpendicular! Se você estiver preocupado em não achar o lugar, não se preocupe, fica um funcionário do restaurante na Avenida dos Golfinhos te levando pra lá! E meu, como valeu a pena! Pedi exatamente o mesmo prato, hahaha, que também estava delicioso, com uma vantagem: o tamanho dos camarões! Gigantes! Meu namorado pediu um atum selado na crosta de gergelim e também aprovou o prato! Recomendo de olhos fechados!

IMG_1681

Fazenda do Camarão

 

Infelizmente, foram só dois dias e duas noites em Pipa, mas que foram suficientes para deixar muita saudade, e muita vontade de voltar! Pra você que está indo pra lá agora, te desejo uma excelente viagem! Não tem como não ter! =)

Dica de Restaurante: Olive Garden Brasil

OliveGardenBrasil

Quando eu fui viajar para Miami com meu namorado, há três anos atrás, ele me levou pra conhecer um restaurante que ele tinha ido com os primos dele na última visita aos Estados Unidos, e que eu ainda não conhecia!

Tratava-se do Olive Garden, uma espécie de fast food italiana, só que com muito mais qualidade do que a gente imagina por fast food, hahaha! Já na entrada fiquei apaixonada, parece mesmo um pedacinho da Toscana, e nem preciso falar o quanto eu amei a massa com camarão que eu comi por lá!

A decepção foi, depois de saborear cada centímetro do meu prato, descobrir que não existia Olive Garden no Brasil! Ainda! Para nossa alegria, alguns meses depois a rede de restaurantes inaugurou a sua primeira loja por aqui, no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo!

Corri pra lá pra ver se a casa brasileira fazia jus à americana, e constatei que, se até a decoração é parecida, mesmo localizado no saguão do Terminal 3 e aberto para o mesmo, que dirão os pratos! Desde então, já visitei inúmeras vezes a unidade de dentro do aeroporto, que, infelizmente, ainda é a única em terras tupiniquins, mas uma garçonete me contou da última vez que fui que existe um plano de expansão para muito em breve! Oremos! E ela me contou também que não se trata de uma franquia, mas que a unidade brasileira é do mesmo dono das unidades americanas, por isso que a decoração, o atendimento, a qualidade e o cardápio são tão fiéis à matriz!

Fachada+Ambiente

Fachada e Ambiente Interno

Se você já foi ao Olive Garden nos Estados Unidos e morre de saudades, não perca tempo e corre já pro aeroporto! Se você ainda não foi, vou te contar um pouco como a casa funciona!

Que tal matar aquela fominha depois de um longo vôo com um belo aperitivo? Difícil vai ser escolher qual o melhor de todos! Você pode ir de Lasagna Fritta, como o próprio nome já diz, pedaços de lasanha empanados com queijo parmesão e cobertos por molho de tomate, ou arriscar numa porção de lulas fritas, bruschettas ou até mesmo Dipping Sauces, que são os molhos da casa servidos com um pedaço de pão! Eu, particularmente, experimentei o Shrimp Scampi Fritta, que são camarões levemente empanados, preparados na manteiga e alho, e fiquei apaixonada! Vai ser difícil querer sair das entradas e passar pro prato principal!

Entrada+Sopa

Shrimp Scampi Fritta e Minestrone Soup

Mas se você prefere trocar seu aperitivo por um belo prato de sopa ou de salada, no Olive Garden você também tem essa opção! Lembrando que, na compra de um prato principal, uma dessas entradas saem completamente de graça, e ainda vêm acompanhadas de um pãozinho da casa bem quentinho! Hmmmm! Mas se optarem somente pela sopa e/ou pela salada, elas têm refil, e você pode incorporar o glutão americano e comer quanto quiser da Garden Salad, a famosa salada verde do restaurante, ou até mesmo da Zuppa Toscana, uma sopa de linguiça refogada com batatas e bacon imersos num caldo cremoso! Minha recomendação é que você se jogue na Chicken & Gnocchi Soup, uma sopa deliciosa de galinha, espinafre, cenoura, com pedações de nhoque! É de lamber os dedos! Simplesmente divina! Para os vegetarianos, a opção é a Minestrone Soup, um caldo de tomates com legumes frescos, grãos e macarrão: um clássico italiano!

Para aqueles que não estão a fim de comer um belo prato de comida, o Olive Garden te dá a opção de montar a sua própria pizza, que já vem com um mix de queijos, e você pode adicionar até 4 das 6 coberturas disponíveis: pepperoni, cogumelos, pimentões verdes, cebola, azeitonas pretas e tomates romanos! Eu, claro, jamais trocaria um prato de comida delicioso desse restaurante por pizza, mas tem louco pra tudo, hahaha!

Impossível você não se apaixonar por pelo menos um dos inúmeros pratos clássicos que a casa oferece! O Tour of Italy é um prato completo que oferece ao cliente um pedaço de lasanha, uma porção de fettucine Alfredo, e um pedaço de frango à parmegiana! Obviamente, esses três pratos também são vendidos separadamente em pratos individuais, assim como o prato de Spaghetti with Meatballs, um clássico spaghetti com almôndegas, ou até mesmo o Ravioli Funghi, que são raviólis recheados com cogumelos, e servidos com molho de queijo com tomates defumados!

Clássico+Frango

Fettucine Alfredo e Chicken Scampi

O Olive Garden também separa o seu cardápio por categorias! Na categoria Pollo, ou frango, você encontra três opções de pratos: Chicken Alfredo, que é o famoso fettucine Alfredo da casa com pedaços de frango grelhados, o Chicken Marsala, que é o pedaço de frango salteado com o vinho Marsala servido com batatas, cogumelos e champignons, e o Chicken Scampi, que são pedaços de frango refogados com pimentões, cebolas e alho, servidos com uma massa com molho de alho! Hmmmm! Deu água na boca!

Se você é daqueles que prezam por uma bela Carne, pode pedir o Steak Toscano, que é um contra filé grelhado no azeite com ervas italianas e servido com brócolis, ou o Steak Gorgonzola Alfredo, que são medalhões de filé mignon servidos sobre o fettucine Alfredo da casa, cobertos com espinafre e queijo gorgonzola, ou até mesmo optar pelo Parmesan Crusted Filet, que nada mais é do que uma fatia de filé mignon coberta com uma pasta de queijos, ervas e pão gratinados, servido com purê de batatas e aspargos!

Carne+Peixe

Steak Toscano e Seafood Alfredo

A minha categoria preferida fica no Pesce, ou peixe! Todas as vezes que eu comi um prato principal no Olive Garden, acabei optando pelo Seafood Alfredo, que é o famoso fettucine Alfredo da casa, regado com camarões e vieiras refogados em ervas! Não tem o que falar, é muito, mas muito bom! Só de lembrar já dá vontade de voltar, hahaha! Nunca experimentei o Parmesan Crusted Tilapia, que nada mais é do que uma tilápia assada com queijo parmesão, servida com aspargos em cima do macarrão, mas parece muito boa também!

Abri seu apetite? Então se segura que agora vem a hora do doce! Claro que num restaurante italiano não poderia faltar o Tiramisú, doce típico da Itália, que mistura queijo, café e bolachas! Torceu o nariz pra mistureba? Pode ir com vontade que eu recomendo, é uma delícia! Bem leve e bem cremoso! Além desse clássico, a casa também oferece Cheesecake, Mousse ou Bolo de Chocolate!

Sobremesa+Bebida

Tiramisú e Strawberry Passionfruit Limonatta

As bebidas também são um espetáculo à parte, como a famosa Strawberry Passionfruit Limonatta, que é uma mistura de sabores deliciosos num super copo decorado, para beber com os olhos! Se preferir algo com refil, opte pelo chá gelado ou pelos refrigerantes que a casa oferece! Drinks e cocktails variados também estão no cardápio!

E se depois de toda essa descrição detalhada do menu da casa você não estiver morrendo de vontade de experimentar pelo menos um prato do Olive Garden Brasil, fica aqui a motivação final: os preços são bem justos, especialmente contando que o ideal é dividir um prato principal em duas pessoas! Eu e meu namorado comemos muito bem, e mesmo assim ficamos satisfeitos sempre que dividimos o Seafood Alfredo, e a sopinha que a gente sempre escolhe como acompanhamento! Ou seja, a conta sai mais em conta ainda!

Agora não faltam motivos pra você visitar a única unidade brasileira do Olive Garden! Vá com fome e com muita vontade de comer, você não vai se decepcionar! =)

Dica de Lanchonete: Z Deli

ZDeli

Se você passar na frente dessa pequena lanchonete, localizada numa rua movimentada dos Jardins, sem nenhuma recomendação prévia, é bem capaz de você passar reto sem ao menos ter vontade de entrar e pedir alguma coisa para comer. Ledo engano, você vai estar deixando de experimentar um dos hambúrgueres mais gostoso de São Paulo!

O tamanho definitivamente não impressiona! Trata-se de uma lanchonete minúscula, com apenas 12 lugares disponíveis, um bem pertinho do outro, no pequeno espaço que é – e só poderia ser – muito bem aproveitado! A maior mesa da casa tem 4 lugares, e para conseguir sentar, a espera é grande, especialmente à noite!

Fachada_Ambiente

Fachada e Ambiente Interno

Mas não se deixe impressionar pelo tamanho do lugar! E nem pelo enxuto cardápio que a casa dos Jardins oferece! Entre, e se for preciso, entre na fila, e espere! Vai valer a pena!

São pouquíssimas opções de hambúrgueres de fato, e todos kosher! Se for fã de bacon suíno, e fizer questão da iguaria no seu lanche, esqueça! Mas se você fizer questão de comer um lanche suculento e com sabores diferenciados, corra pro Z Deli e peça um Minetta! Uma grossa camada de carne, avermelhada, coberta com cheddar derretido, junto de uma deliciosa cebola confitada, tudo isso recheando um pão delicioso que parece até bisnaguinha! Difícil é se contentar apenas com um! O lanche é tão delicioso que você vai ficar com vontade de pedir no mínimo dois dele!

Resista, e parta para outras opções bem diferentes que a casa oferece, como o Sanduíche de Pastrami, uma opção tipicamente judaica, que também leva picles e mostarda no pão de centeio! Esse eu não experimentei, mas ouvi dizer que é delicioso! Vai ser a próxima pedida!

Minetta_Pastrami

Minetta e Sanduíche de Pastrami

E se você estiver a fim de algo bem diferente mesmo, vá de Lox, aquele lá da foto de abertura do post! Trata-se de salmão defumado com tomate, cebola, azeite de ervas, limão e cream cheese, tudo isso servido dentro de um bagel! Delicioso!

Pra acompanhar essas delícias, você pode escolher entre uma salada de entrada, mas eu recomendo mesmo a deliciosa e única Batata Z Deli, frita com casca e salteada na manteiga com alho e alecrim! Peça a maionese da casa para acompanhar as fritas! Além de deliciosa, ela é uma cortesia, e não é cobrada a parte!

Para finalizar, ouvi dizer que o Z Deli serve um dos melhores cheesecakes da cidade! Não sei dizer, pois não sou muito fã da sobremesa, mas pela cara da foto, parece estar apetitosa pra quem curte, hehehe!

Fritas_Cheesecake

Fritas Z Deli e Cheesecake

Agora que você já tem uma recomendação prévia dessa deliciosa lanchonete, não deixe de entrar quando estiver passando por lá! Se bem que a minha dica é que você vá até lá mesmo, seja lá onde você more! Vale o deslocamento! =)

Rio Grande do Norte: Capítulo 2

Capítulo2

Quando você pensa em Rio Grande do Norte, a primeira cidade que vem na sua cabeça, com certeza, é Natal!

Com menos de um milhão de habitantes, é uma cidade razoavelmente tranquila, sem confusões e stresses do dia-a-dia das grandes cidades, como trânsito, poluição e violência! Apesar da recomendação dos locais de estar sempre atento, me senti bastante segura por lá!

Mas vamos falar de coisa boa! Com uma média de 300 dias de sol por ano, Natal é também conhecida como a cidade mais ensolarada do Brasil! E por esse e outros motivos, é um dos destinos preferidos pra férias dos brasileiros que adoram pegar uma praia!

Pra escolher quando ir, basta saber se está a fim de badalação ou não! No verão e feriados, as praias ficam mais cheias, os lugares mais lotados, e, consequentemente, os preços mais altos! Na baixa temporada, além de tudo ser mais barato, a cidade fica deserta e perfeita pra quem quer descansar com muita tranquilidade!

E aí, vamos conhecer melhor o que a capital potiguar tem pra nos oferecer?

PRAIAS

Se você gosta de agito e badalação, vá direto para a Praia de Ponta Negra! Com certeza é a praia urbana mais movimentada da cidade, e com mais infraestrutura para o turista, como banheiros públicos no calçadão, e uma ampla variedade de restaurantes, bares e lojinhas de artesanato ao longo da orla.

DSC02219

Praia de Ponta Negra

Seu principal cartão postal é o Morro do Careca, a única duna da praia, que lembra muito uma careca com chumaços de cabelo nas laterais. Faz alguns anos que não se pode mais escalar essa duna, pois a erosão causada pelo excesso de visitas estava danificando o local.

Sua faixa de areia branca com água verde, cristalina e bem quentinha, é um convite para sentar e curtir o sol e o visual o dia todo – quer dizer, pelo menos até a hora que a maré deixar, pois perto do fim da tarde o mar toma conta da praia, e só é possível curtir o local do calçadão!

DSC02781

Nascer do Sol em Ponta Negra

Fica a dica pra apreciarem o nascer do sol nessa praia! Um verdadeiro espetáculo da natureza!

Outra praia bem frequentada da cidade, porém bem menos badalada, é a Praia da Areia Preta, assim chamada devido a pedras existentes na faixa de areia que, quando entram em decomposição, tingem de preto a areia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Praia da Areia Preta

Eu, particularmente, não tive muito tempo de curtir essa praia, e acabei parando por lá quando estava de passagem pra Genipabu! Mas pelo que eu pude observar, ela também conta com uma infraestrutura legal de quiosques para oferecer um conforto melhor pro turista, além de águas calmas, porém, com maior presença de pedras e recifes também dentro do mar.

Seu principal ponto turístico é o Relógio de Sol, localizado numa praça no centro do bairro onde se localiza a praia. Mas na minha opinião, o que há de mais bonito pra se observar é a vista da Ponte Newton Navarro!

Natal também conta com a Praia dos Artistas, outro ponto de interesse turístico da cidade! Ideal para a prática de surf, pois o mar é bem mais agitado nessa praia! Fica a dica pra tomar um cuidado extra com a grande quantidade de pedras submersas!

Praia-dos-Artistas1

Praia dos Artistas

Por aqui, você pode escolher se gosta de badalação, na área com quiosques e barraquinha para servir o turista, ou se gosta de um turismo mais tranquilo, sem muita estrutura!

E se de dia essa praia já bomba de gente, à noite ela vira um verdadeiro point de moradores e turistas, pois é nessa região que se concentram as melhores baladas da cidade. Bom, isso eu não vou poder confirmar pra vocês, porque eu sou velha desde que nasci e odeio balada, hahaha! Mas se o guia diz…

Quer mais praia? A Praia do Forte é outra parada obrigatória para o turista, e seu diferencial está justamente pelo seu arredor histórico, com um dos pontos turísticos de Natal, o Forte dos Reis Magos, localizado nessa praia.

praia do forte 2

Praia do Forte

Com mar mais agitado do que as outras praias da cidade, é ideal para a prática de surf e windsurf! E também tem uma área para mergulhos, mas só para quem já tiver alguma experiência na área!

PONTOS TURÍSTICOS

O Forte dos Reis Magos, fundado em 1599 como marco inicial da cidade, é um dos principais pontos turísticos de Natal, conservando até hoje a sua estrutura original, com planta em formato de estrela, arquitetura característica da época!

DSC02824

Forte dos Reis Magos

Do alto do forte, a vista é recompensadora e imperdível: você pode observar onde o Rio Potengi encontra com as águas verdes do mar! Se você ainda não se convenceu de visitar a edificação, saiba que a visita é gratuita e bem rápida!

Logo ao lado, encontra-se a Ponte Newton Navarro, que liga os bairros da Zona Norte de Natal e os municípios do litoral norte do estado aos bairros da Zona Leste da cidade e litoral sul, passando por cima do Rio Potengi! Pela sua estrutura estaiada, e seu tamanho imponente, é hoje considerada um ponto turístico da cidade!

pontenn

Ponte Newton Navarro

Você pode aproveitar que está na região e fazer um passeio de catamarã pelo rio! E fica a dica para observarem o pôr-do-sol nesse local, um espetáculo incrível e inesquecível!

Outro lugar para visitar se estiver com tempo sobrando é o Shopping do Artesanato Potiguar! São várias lojinhas espalhadas por alguns andares, oferecendo diversos tipos de artesanato pra você presentear a família toda! Só fica a ressalva: quase todas as lojinhas vendem exatamente o mesmo produto, que de artesanato mesmo, não tem nada! Fiquei um pouco decepcionada de perceber que era tudo produto chinês, provavelmente…

GASTRONOMIA

Por ser uma cidade muito turística, Natal oferece pro seu visitante uma ampla variedade de opções de restaurantes, que servem desde comida regional, passando por churrascarias, lanchonetes, até aquela pizza que todo brasileiro adora!

Por sermos de São Paulo e contar com uma gastronomia muito rica aqui na nossa cidade, eu e meu namorado acabamos optando por comer apenas em restaurantes regionais! Além disso, sou uma fã inveterada de camarão, e depois que eu fiquei sabendo que Natal é a principal produtora do crustáceo aqui no Brasil, acabei baseando todas as minhas escolhas nisso, hehehe!

Nossa primeira parada foi no Mangai, que, aliás, é praticamente um ponto turístico da cidade, com uma decoração temática e super regional, com direito a frutas penduradas nas paredes e garçons vestidos de cangaceiros! Pra entrar no clima mesmo da comida regional! E por falar em comida, o restaurante serve pratos a la carte, mas é estrelado justamente pela sua imensa opção de pratos servidos no quilo! Entortou o nariz? Você não está entendendo, é MUITA opção mesmo, e a grande maioria regional! Acho esse esquema super legal porque dá pra você pegar um pouco de tudo e experimentar o que há de melhor na gastronomia nordestina em um só lugar e sem pagar muito caro!

mangai

Mangai

Como eu já disse, eu e meu namorado somos viciados em camarão, então não poderíamos deixar de ir no restaurante Trilha do Camarão, um lugar bem simples, que é um esquema de rodízio de pratos onde o fruto do mar é a grande estrela! Strogonoff, moqueca, pirão, macarrão, e tudo mais o que você puder cozinhar com camarão, será servido nesse restaurante! Vá com fome! E só se gostar muito de camarão, hahaha!

E falando em camarão, não poderíamos deixar de conhecer o famoso e sofisticado Camarões Potiguar! Logo ao entrar no restaurante, a decoração luxuosa assusta um pouco, e você já começa a pensar no rombo no orçamento, hahaha! Quando o garçom, super atencioso, chega com o cardápio, fica difícil optar por um prato só no meio daquelas inúmeras opções deliciosas, dá vontade de pedir tudo! Na primeira garfada, um só arrependimento: não ter ido comer lá todos os dias em que estive em Natal! E o melhor de tudo foi a conta depois, toda uma experiência gastronômica deliciosa, com vista para o mar, inclusive, pelo preço que você paga num restaurante mediano em São Paulo!

camaroes potiguar

Camarões Potiguar

 

Natal é uma cidade deliciosa, em todos os sentidos! Acabei de voltar de lá, e não vejo a hora de voltar pra lá!

E pra você que está indo, uma ótima viagem! =)