Dia Internacional das Mulheres

Acho que eu sou feminista desde que eu me conheço por gente! Com certeza, bem antes de conhecer a palavra “feminismo” e todos os seus significados!

Sempre odiei ter que botar a mesa, porque eu era mulher! Ou ter que arrumar a bagunça de todo mundo, porque eu era mulher! Nunca arrumei! Era a ovelha negra de uma família de mulheres prendadas! “Nenhum homem vai querer ficar com você desse jeito”, eu ouvia de vez em quando!

Depois de muitas brigas e discussões, consegui reduzir alguns comentários e atitudes machistas na minha vida, mas claro que eles ainda estão – e muito – presentes!

Não só dentro da família, mas em todas as esferas de convívio! Colegas machistas que são incapazes de aceitar que as mulheres têm opinião e merecem ser ouvidas, amigos misóginos que compartilham mil vezes as mesmas piadinhas ridículas sobre a mulher que traiu o marido ser uma puta ao mesmo tempo em que elevam o cara a pegador gostosão, um estranho na rua falando merda sobre o meu corpo, e a violência psicológica que é ter um medo absurdo de andar sozinha por aí!

Muito já foi conquistado pelas mulheres, mas ainda temos muito o que conquistar, e, consequentemente, ainda temos muito pelo que lutar! Não podemos ficar calada e nos curvar perante o machismo que ainda domina a nossa sociedade!

Por um mundo onde ninguém ache um absurdo que o meu namorado lave a louça depois de eu cozinhar o jantar! Por um mundo onde me perguntem se eu estou de acordo com os planos que me envolvem! Por um mundo onde ser misógino não seja engraçado e motivo de piada! Por um mundo onde eu possa sair de casa com a roupa que eu quero, sem ter a minha intimidade violentada por um estranho na rua! Por um mundo que eu possa ir e vir pra onde quer que eu queira, sem medo dos homens!

Que esse dia sirva para reflexão! Briguem, gritem, façam um escândalo!

Mulheres, uni-vos!

Mulheres

Imagem: Chuvisco de Risco

Dia Internacional das Mulheres

O Dia das Mulheres vai muito além de ganhar um ramalhete de flores ou uma jóia cara! É uma data histórica, comemorada devido à manifestação de mulheres por direitos iguais aos dos homens! Tudo isso no século passado! E desde então, por mais que tenhamos conquistados vários direitos, ainda estamos longe de sermos tratadas com total igualdade perante ao sexo oposto!

E por isso eu faço esse post, enaltecendo as quatro celebridades que continuam brigando por nós mulheres em pleno século XXI, e levando para a mídia questões muito mais importantes do que a marca do vestido que estão usando!

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

Angelina Jolie, já famosa por sua abordagem a questões de direitos humanos, tem dedicado seu tempo ao combate do estupro em países em plena guerra civil! A questão é séria e muito importante, pois não é possível que um crime tão bárbaro como esse continue ocorrendo ainda nos dias de hoje, e não sendo tratado como a barbarie que é! A embaixadora da ONU Mulheres Emma Watson tem lutado pela igualdade entre os gêneros mundo a fora, recrutando os próprios homens para lutarem pela causa, afirmando que não é só dever das mulheres entrar nessa luta, e eu não poderia concordar mais com ela! Jennifer Lawrence, por sua vez, briga pelo fim dos padrões estéticos impostos às mulheres pela mídia! Passar fome pra ser esquelética que nem muita atriz ou deixar de curtir uma orgia gastronômica pra evitar ganhar uns quilinhos? Não, obrigada! E por último, mas não menos importante, Patricia Arquette deu show em seu discurso de ganhadora do Oscar, dedicando o prêmio a todas as mulheres, e defendendo mais uma vez direitos iguais para homens e mulheres!

É nosso dever – muito mais que direito – como mulheres, brigarmos por todas essas causas, juntas!

E pra você que faz a sua parte, um feliz Dia da Mulher! =)