Rio Grande do Norte: Capítulo 6

capitulo6

E quase um ano depois da viagem, eis que chega ao fim essa série de posts a respeito do meu roteiro turístico pelo Rio Grande do Norte, com uma pitada de dica pessoal! Demorou, mas foi bom, porque ao longo desse ano eu consegui reviver um pouquinho cada trecho dessa viagem fantástica toda vez que eu ía escrever sobre ele aqui no blog!

E hoje é dia de recordar o último trecho, que aborda as cidades de Maxaranguape, bem menos conhecida e badalada, e a famosa Genipabu, ponto de parada obrigatório para todos os turistas que visitam o estado!

MAXARANGUAPE

Ao norte de Natal, mas ao sul de Touros, seguindo a famosa BR-101, vamos chegar em uma cidade chamada Maxaranguape, cuja principal atração é mergulhar nos Parrachos de Maracajaú, um pedacinho do Caribe no Nordeste brasileiro! Para quem vai ao Rio Grande do Norte, é passeio obrigatório, pois o que se vê, acima e abaixo d’água, é de tirar o fôlego!

Para montarmos o roteiro e decidirmos em qual dia da viagem iríamos fazer o mergulho, observamos tanto a previsão do tempo, afinal, imagino que a beleza do lugar seja um pouco ofuscada em dias nublados, e a tábua da maré, a mais importante de todas, pois dependendo de como a maré estiver, tem ou não tem mergulho nos parrachos!

Saímos de Touros bem cedo rumo ao sul, e logo na entrada de Maxaranguape fomos abordados por vários, mas vários mesmo, guias turísticos tentando indicar o melhor lugar para adquirir o pacote do mergulho! Acabamos fechando com o lugar que um desses guias nos indicou, a Enseada do Mergulho, e devo dizer que a experiência foi bem satisfatória! O preço inicial era R$80/pessoa, mas conseguimos reduzir para R$65! Isso incluiu o estacionamento do carro, o transporte via catamarã até os parrachos, localizados a cerca de 7km da costa, (ou 1 hora de muito balancê, especialmente quando o mar está mais revolto, fica a dica de tomarem um remédio pra enjôo bem antes de partirem pra não estragar o passeio), e o equipamento de mergulho, que consistia num snorkel e máscara para enxergar embaixo d’água! Você também tem a opção de mergulhar com cilindro de oxigênio, mas esse tipo de mergulho custa mais caro!

O capitão do catamarã nos deu instruções de como realizar o mergulho assim que chegou aos parrachos, e ficou por lá parado por cerca de 1 hora e meia, tempo mais do que suficiente pra nadar por entre os corais e se maravilhar com a beleza que é a natureza! Difícil decidir se é mais bonito dentro ou fora d’água, pois aquela imensidão de água verde esmeralda também impressiona!

14470936_10154918067519523_1906290117_n

Parrachos de Maracajaú

Durante o mergulho, um fotógrafo contratado pela Enseada do Mergulho tira fotos de cada turista no meio dos peixes, e você tem a opção, posteriormente, de escolher se compra ou não o DVD com as 3 melhores fotos por R$10. Compramos, claro! Olha eu aí!

img_5467

Eu e os Peixes

Ao voltar à Enseada do Mergulho, nosso almoço, escolhido antes de sair para o passeio, e cobrado à parte, estava pronto e a nossa espera, o que é um ótimo negócio, visto que você chega em terra firme morrendo de fome mesmo! Um peixe com molho de camarão de lamber os beiços! Super recomendo!

Mas Maxaranguape não é só o mergulho em Maracajaú, apesar dessa ser, sem dúvidas, a principal atração da cidade! Lá você também pode conhecer a Árvore do Amor: trata-se de duas gameleiras unidas pela força do vento para tornarem-se uma só, como se uma estivesse beijando a outra! Romântico, né? Reza a lenda que o casal que se beijar embaixo de seus troncos jamais se separará! Claro que eu e o meu namorado não perdemos a oportunidade de trocar uns beijinhos e garantir a união vitalícia, hahaha!

dsc02716

Árvore do Amor

Essa árvore, na verdade, está situada no Cabo de São Roque, o ponto brasileiro mais próximo da África, que também vale a visita pela vista estonteante que o mirante ao lado do farol oferece!

Duas atrações inesquecíveis cujo pequeno desvio da BR-101 vai valer muito a pena!

GENIPABU

Falar de Natal sem falar de Genipabu, localizada em Extremoz, a um pouco mais de 20 km de Natal, é quase que impossível, pois as cidades, praticamente conurbadas, até se confundem uma com a outra! Genipabu é aquela praia super badalada, cheia, mas muito cheia de gente, que fica difícil até enxergar o mar caso você chegue tarde e tenha que sentar mais ao fundo, em um dos milhares de guarda-sóis previamente dispostos por toda a extensão da areia, junto com vários quiosques que proporcionam uma excelente infraestrutura ao turista! Praticamente um Guarujá potiguar, hahaha, e mesmo assim vale a pena visitar? Vale sim!

Sua atração principal, pelo menos pra mim que vi praias muito mais bonitas do que essa durante o tour pelo estado, é o Parque Turístico Ecológico Dunas de Genipabu! Aqui você poderá fazer esquibunda, escorregando na areia com uma prancha de madeira com destino a um mergulho na lagoa, passear em cima de um dromedário, ou, a principal atração: andar de buggy pelas dunas, com ou sem emoção!

dsc02746

Praia de Genipabu e começo das Dunas

Infelizmente, por estar muito decepcionada com a desonestidade de alguns bugueiros da região, eu e o meu namorado optamos por não fazer esse passeio, mas devo dizer que eu me arrependo muito, pois não conhecemos nada do que as dunas têm de melhor para nos oferecer! Mas como pretendemos voltar ao Rio Grande do Norte em breve, nada está perdido! Hahaha!

Mesmo sem ter feito o famoso passeio, subimos a pé até o topo da duna mais próxima à praia, e já valeu a pena, pois a vista é maravilhosa!

dsc02758

Vista da Praia de Genipabu desde as Dunas

De lá, rumo à Natal de novo, pois no dia seguinte era dia de voltar ao caos urbano que é São Paulo!

 

Espero que essa série de posts tenha ajudado você, turista, que não conhece o Rio Grande do Norte, e está pensando em fazer um roteiro por conta própria, assim como fizemos! Vale muito a pena, e com certeza quando eu voltar a esse paraíso, voltarei no mesmo esquema! Pra você que está indo, desejo uma excelente viagem, com toda a certeza que vai ser muito mais que excelente!!! =)

Inspiração: Blazer

Se vestir nessa meia estação é um verdadeiro desafio, especialmente quando São Pedro anda tão bipolar quanto tem andado aqui em São Paulo, hahaha! São quatro estações num mesmo dia!

Haja saúde e haja criatividade! Mas existe uma peça ótima no vestuário que simplesmente supre todas as nossas necessidades nesse tempinho louco: o blazer!

Além de ser chiquérrimo, o blazer é ótimo pra esse frio que não é congelante e pra esse calor que não é tostante, pois não é uma peça super pesada, ao mesmo tempo que nos protege daquele ventinho mais gelado!

E o melhor de tudo: ele tem o dom de mudar completamente a sua produção, pois tem uma pegada mais formal e séria, e agrega muito glamour ao look final!

Para comprovar os meus argumentos, separei um monte de inspiração pra gente ver!

blazer_calca

Imagens: Reprodução

Começando com a combinação mais óbvia de todas, blazer com calça! Sabe aquela sua produção super básica de calça jeans com uma t-shirt de malha? O blazer tem a capacidade de deixar tudo muito mais glamouroso, e criar um look com cara de super elaborado! Acho, inclusive, que usá-lo com uma calça jeans boyfriend é tudo de bom, pois fica aquele contraste de estilos em uma mesma produção que está super em alta ultimamente! E que tal transformar o blazer no ponto de cor do seu look monocromático? Acho super legal! Acabei deixando de lado as inspirações com calça de alfaiataria porque a gente tá cansada de saber que funciona MUITO e SEMPRE! Hahaha!!!

blazer_saia

Imagens: Reprodução

Quando você pensa na combinação blazer com saia, já imagina aquele look advogada super formal com saia lápis e scarpin, né? Mas existem outros modelos de saia que também ficam ótimos com a peça em questão, como a saia justa só que mais curtinha, que, diga-se de passagem, ficou ótima com esse oversized blazer! Dá pra usar o blazer até com saia godê, que é mais armadinha, mas nesse caso acho que a versão mais curta fica melhor, pra não brigar com o volume da saia! E olha só como o blazer tem o dom de dar outra cara para um look completamente esportivo!

blazer_vestido

Imagens: Reprodução

Quer sair de vestido, mas tá com frio? Coloca um blazer por cima e você vai estar prontíssima praquela reunião importante no trabalho, ao mesmo tempo que vai estar super glamourosa praquele jantar especial! A combinação com os vestidos tubinhos já são um clássico, e não tem como errar, seja o vestido mais curto ou midi, e o blazer oversized ou mais curtinho! Mas ele também fica ótimo com um vestido evasê ou lady like, e aqui eu chamo a atenção pro cinto fininho demarcando a cintura, que deu outra cara pra peça e combinou super bem com o blazer off-white, que, diga-se de passagem, é um verdadeiro coringa e toda mulher tem que ter pelo menos um no closet!

blazer_shorts

Imagens: Reprodução

Que tal misturar dois estilos em um look só, com os shorts, que são mais despojados por natureza, combinados com os blazers, que conferem aquela formalidade à produção? Essa mistura de estilos está super na moda ultimamente, e como vocês podem ver, o resultado dá super certo, independente da intenção ser um look mais arrumadinho mesmo, optando por um salto alto nos pés pra complementar, ou se é pra ser algo mais descolado chique com tênis!

Independente do seu estilo, o blazer é uma peça que toda mulher tem que ter no closet, pois é super versátil, combina com tudo, e ainda deixa a sua produção muito mais arrumadinha! Quanto mais cores, melhor! Vale até estampado! Por isso, se joga! =)

Mix de Estampas: Listrado

Nova categoria aqui no blog, eeeee!!! Vamos aprender juntas a combinar estampas, pra gente poder arrasar com o famoso e super na moda mix de estampas!!!

A inspiração surgiu durante uma conversa entre uma cliente da loja do papi e amiga (beijo, Cris), que é super estilosa, mas que estava com dúvidas de como ela poderia combinar padrões diferentes de estampas, já que o resultado é algo super interessante, muito bonito, e mega fashionista! Daí eu pensei: por que não transformar isso em categoria no blog?

E cá estamos nós, para mergulhar nesse novo mundo e poder ousar sem medo de ser feliz!

Começando pela estampa mais clássica de todas: o listrado! Tão, mas tão clássica, que vai bem com absolutamente tudo, e é ideal para iniciar nesse universo desconhecido, hahaha! Separei várias inspirações pra gente copiar! Vamos ver?

listrado_pois

Imagens: Reprodução

Quando você digita “mix de estampas com listrado” no Google, a estampa que mais aparece combinada às listrinhas são os pois, polka dots, ou bolinhas! Também pudera, são duas estampas clássicas juntas, tá aí uma combinação que não tem como dar errado! Para ter a certeza absoluta que você não vai errar, comece misturando as duas estampas com a mesma cartela de cores! Veja como orna muito bem o pois preto e branco com o listrado preto e branco! Ou substituindo o preto por azul marinho… Mas se você quiser ousar ainda mais e misturar cartelas de cores, que tal combinar tons que já são familiares e agradam aos olhos, como vermelho, preto e branco?

listrado_florida

Imagens: Reprodução

A segunda estampa que mais aparece combinada às listras é a estampa florida! E o curioso, nesse caso, é que, apesar da regra da mesma cartela de cores funcionar super bem aqui, as estampas floridas tendem a ser muito mais coloridas do que os pois, e mesmo assim funcionam super bem com o listrado preto e branco que é básico, independente se a estampa tem uma dessas cores! Listras em cima com flores embaixo, ou listras embaixo com flores em cima: pode se jogar sem medo!

listrado_animalprint

Imagens: Reprodução

Claro que o animal print, outra estampa clássica já no closet de toda mulher, também não pode ficar de fora quando o assunto é mix de estampas com listrado! E a regra é a mesma das estampas floridas: quando as listras estão na mesma cartela de cor que a estampa de bicho, ótimo, perfeito, a chance de você errar é praticamente zero! Mas o listrado preto e branco vai muito bem inclusive com animal prints coloridas, inclusive quando o assunto é sobreposição!

listrado_lenco

Imagens: Reprodução

A estampa lenço é outra estampa carregada de cores, mas, mais uma vez, quando as listras são as clássicas preto e branca, pouco importa quais as cores da outra peça! Pra sair da zona de conforto, use a peça listrada no tom da cor predominante da estampa lenço: o resultado é um look super fashion, que com certeza vai chamar muita atenção!

listrado_xadrez

Imagens: Reprodução

Xadrez é outra estampa super básica que se dá bem com muitas outras estampas, e não poderia ser diferente com o listrado! E a regra é a mesma: listrado preto e branco permite a cor de xadrez que você quiser! Listrado colorido orna melhor quando as cores estão presentes na estampa em questão!

listrado_geometrica

Imagens: Reprodução

O listrado é um primo próximo da estampa geométrica, onde, geralmente, predominam os mesmos traços retos que a estrela do post, e por isso, para combinar os dois, não há regra: os tons podem ser os mesmos, e com preto e branco não tem como errar, ao mesmo tempo que você pode misturar um listrado azul com uma estampa geométrica vermelha! Olha como o resultado agrada aos olhos, mesmo sendo duas cartelas de cores completamente diferentes nos dois últimos looks!

listrado_listrado

Imagens: Reprodução

E se ele é primo próximo do geométrico, que dirá do próprio listrado, hahaha! Sim, é possível combinar listrado com o próprio listrado! Mas cuidado pra não sair por aí parecendo as bananas de pijamas: se for manter a mesma cartela de cores, tente mudar a espessura das listras pra deixar claro que são peças diferentes combinadas entre si, e não um conjuntinho! Conjuntinhos são fáceis, e a graça está justamente em mostrar que você pode mais, hehehe! Se quiser manter a mesma espessura das listras, tente usar cores e fundos diferentes! E aqui é possível inclusive usar cores diferentes ao mesmo tempo que se muda a espessura das listras! O céu é o limite!

listrado_aleatorio

Imagens: Reprodução

E pra finalizar, um catadão do listrado com várias outras estampas menos clássicas, mas que ornam perfeitamente com a estampa em questão! Tudo é possível, desde que você se olhe no espelho e se sinta confortável com o resultado!

Espero que seja o primeiro passo para muitas pessoas que, como eu, têm muita vontade de arriscar no mix de estampas, mas ainda faltava coragem e inspiração! Agora não falta mais! =)

Receita da Milis: Pasta alla Papalina

Meu prato preferido com certeza é macarrão! Não só pela praticidade de execução, mas também pela ampla variedade de molhos que você pode combinar com una bella pasta! Impossível enjoar!

E o amor é tanto que, de Dia dos Namorados, eu ganhei um livro chamado “Os 100 Melhores Molhos para Massas”, com uma receita melhor do que a outra! Folheando, me deu muita vontade de experimentar um em especial, por levar prosciutto crudo na receita, o famoso presunto cru, ou presunto Parma! Fiz esse final de semana e super aprovei: ficou uma delícia!!!

pastaallapapalina

Então, nada melhor do que compartilhar a receita aqui com vocês, para que todo mundo possa experimentar esse molho tipicamente romano, que era preparado especialmente para o cardeal Pacelli, que, mais tarde, virou Papa, daí a origem do nome!

Lembrando, mais uma vez, que essa receita serve muito bem duas pessoas!

INGREDIENTES

ingredientes

– 250 gramas da massa da sua preferência (eu escolhi o spaghetti);

– 100 gramas de prosciutto crudo;

– 1/2 cebola;

– 5 colheres de sopa de manteiga;

– 2 ovos;

– 100 ml de creme de leite fresco;

– 50 gramas de queijo parmesão ralado na hora;

– sal e pimenta do reino.

MODO DE PREPARO

preparo

Pique muito bem a cebola, e corte o prosciutto crudo em tirinhas, como mostra a figura (1). Coloque a água do macarrão para ferver. Derreta metade (ou seja, 2 colheres e meia) da manteiga em uma panela em fogo alto, e coloque as cebolas para refogar até que elas fiquem transparentes, como ilustra a figura (2). Agora, jogue todo o prosciutto em tiras junto com a cebola, conforme a figura (3), e deixe cozinhar por mais 5 minutos, mexendo sempre para não queimar. Tire do fogo após esse tempo e mantenha a mistura aquecida. Coloque o macarrão de sua escolha na água, respeitando o tempo de cozimento do mesmo, como ilustra a figura (4). Em um recipiente à parte, coloque os ovos, o creme de leite fresco e metade da quantidade do parmesão, como mostra a figura (5), e bata tudo com o auxílio de um fuet, de modo que fique uma mistura homogênea. Reserve. Quando o macarrão estiver próximo do ponto de cozimento da sua preferência, derreta o restante da manteiga em outra panela, e coloque a mistura homogênea com ovos na panela somente por alguns segundos, como na figura (6), somente para “dar um susto”, ou seja, para ela esquentar um pouco e se misturar à manteiga. É nessa hora que você irá acrescentar o sal e a pimenta a gosto. Tire do fogo rapidamente. Escorra a massa e jogue-a rapidamente na panela com a manteiga e mistura de ovos, de acordo com a figura (7), acrescentando, logo depois, o refogado de prosciutto crudo que se manteve aquecido, e misture bem, até que os ovos comecem a coagular e formar um creme espesso, como mostra a figura (8). Sirva imediatamente com o resto do parmesão ralado, que deverá ser servido à parte!

Depois que fizerem a receita, me contem o que acharam! Aqui eu fiz pra minha mãe e pro namorado, que simplesmente adoraram! E o melhor de tudo: é super fácil, rápido e sem complicações, ao mesmo tempo que parece um prato super difícil de executar e mega sofisticado! Sucesso garantido! =)

Coleção Primavera/Verão 2017 da Morena Rosa

Ahhhh, eu amo o calor!!! E com esses dias quentes depois de um Inverno tão rigoroso, dá até um ânimo extra pra escrever sobre a nova coleção Primavera/Verão 2017 da Morena Rosa que está simplesmente um arraso!

Como sempre, a marca se superou! Estampas lindas, peças que estão sempre em alta, outras mais fashion pra gente mergulhar nas tendências… Um ótimo mix que agrada a gregos e troianos, hehehe!

Mas melhor do que ficar falando é mostrar, não é mesmo?

mr01

Imagens: Reprodução

Falar em Primavera e não falar de flores é praticamente impossível!!! Apesar de ser quase um clichê, as estampas floridas dessa coleção estão simplesmente divinas, de babar mesmo!!! Eu fiquei apaixonada por essa com fundo preto, e já garanti algumas peças com ela pra mim, hohoho! E por falar em vestidos, eles fogem do óbvio, tanto no que diz respeito ao tecido, como esse primeiro de tricot, quanto aos detalhes que fazem toda a diferença, como as costas desse segundo, ou até mesmo os ombros desse com fundo branco! Aliás, o que é esse vestido??? Impossível não se apaixonar e não querer se jogar de cabeça nessa atmosfera Gabriela Cravo e Canela que a Morena Rosa sempre proporciona às suas clientes!

mr02

Imagens: Reprodução

Mas nem só de flores vive uma coleção de Primavera! Outras estampas tão linda quanto as floridas também aparecem em peso em peças variadas, como as estampas de folhas presentes em vestidos, macaquinhos, saias, blusinhas, top cropped, entre outros, assim como essa animal print estilizada que está divina e aparece especialmente na parte mais sexy da coleção! Fala se essa saia lápis com esse top cropped usados como conjuntinho não é um look de parar o trânsito?

mr03

Imagens: Reprodução

E como sempre, a marca não deixa de investir no jeans, que sempre foi sucesso garantido, e se torna ainda mais especialmente agora, quando o material em questão está super em alta! As calças que toda cliente Morena Rosa já conhece e não abre mão de usar: são lindas, sempre com algum detalhe que confere aquele glamour extra à peça, algumas super modernas no estilo destroyed, e com uma modelagem maravilhosa que veste super bem: desde a skinny até a boyfriend, todas arrasam! Mas não para por aí, o jeans também está presente em vestidos, macaquinhos e macacões: ele definitivamente é um dos protagonistas da coleção! A cor off-white também está super em alta, e é mesmo uma cor que tem tudo a ver com o verão: super fresquinha e não absorve o calor! Batas, camisas, t-shirts, e essa maxi t-shirt de paetês, que, aliás, é outra tendência forte que em breve vai receber post especial por aqui!

E vocês, meninas, amaram ou amaram? Tá difícil não querer tudo, né? Aproveitem e corram já pra Daniel Magazine pra conferir tudo isso, e muito mais, pessoalmente!!! =)

Look da Milis: Pretinho Básico + Oncinha

Estava fuçando nas fotos antigas do meu memory card quando encontrei as fotos desse look, tiradas no ano passado, lá, esquecidas, e pensei que seria uma boa oportunidade pra postá-las aqui, visto que o calor voltou, eeeee!!!

Adoro esse calor, gente! Apesar de renderem looks mais simples e menos elaborados, adoro a alegria das cores das lindas estampas que são a cara do nosso verão tropical!

Mas hoje, ironicamente, o look é all black, hahaha!

vestidock_clutchellus_scarpinschutz_brincomr_braceletecur

Ano passado tive um evento de lançamento de coleção da Ellus lá na sede da Inbrands, e pela pegada da marca ser uma coisa mais rock’n’roll, o dress code exigia que fossemos de preto, não importava a peça! Como o dia estava muito quente, optei por esse vestido com uma modelagem que toda mulher tem que ter no closet, pois é um verdadeiro coringa: o famoso pretinho básico! Os detalhes em couro ecológico nas laterais dão aquele glamour extra à peça! E o fato dele ser da Calvin Klein, concorrente master da Ellus, é só um pequeno detalhe a ser ignorado, hahahahaha!!!

clutchellus_scarpinschutz

Mas como eu não sou de fazer desfeita pro anfitrião da festa, optei por usar a minha clutch preta com oncinha da marca! Aliás, o bom de usar um pretinho básico é que você pode ousar muito nos acessórios que não pesa! Nos pés, meu scarpin da Schutz que já anda sozinho!

brincomr_braceletecur

Pra completar a vibe rock’n’roll do look, escolhi meu brinco prata com strass em formato de cobra da Morena Rosa! E já que fui de prata, usei meu único bracelete nesse tom, da Como Uma Reina!

Vale lembrar que o evento foi durante o dia, mas tá aí um look ótimo também para a noite: é só caprichar mais na maquiagem e voilà! =)

Decoração: Área de Serviço

Projeto do meu apartamento finalmente finalizado, e eu nem acredito nisso, hahaha! Claro que ainda faltam alguns detalhes técnicos, como cotas e linhas de chamada, mas a pior parte já foi, ufa!

Mesmo assim, vou continuar compartilhando ideias sobre decoração de ambientes por aqui, afinal, o que me inspirou pode ajudar outras pessoas, e é esse o intuito do blog, hehehe!

Hoje vou falar daquele ambiente que não recebe muita atenção por parte de quem arrisca dar uma de arquiteto e sai “projetando” a própria casa, ou mesmo daqueles que gastaram tudo o que tinham no resto do imóvel e deixaram esse por último pra ver se sobra alguma coisa! Pois é, já perceberam que eu estou falando da Área de Serviço, né?

Realmente, é um lugar que pouca gente investe na decoração! Além de ser uma área exclusiva para serviços domésticos, como o próprio nome já sugere, e com certeza não é lugar pra passar o tempo contemplando ou levar visitas, muitas vezes a própria estética do lugar já não favorece muito um investimento em algo que cresça aos olhos: geralmente há um aquecedor a gás exposto, junto com seu duto aparente, mangueiras de gás e de água por todos os lados, sem contar no medidor de gás em outra parede, e, no caso da minha Área de Serviço, toda a tubulação de gás aparente, por se tratar de alvenaria estrutural!

Ou seja, não dá ânimo mesmo de gastar os Temers em uma área que já tá tão feia que nada que eu faça vá melhorar muito a estética do lugar, hahaha! Mas, mesmo assim, ficam as ideias para quem vai tentar dar aquele tapa mesmo com todo esse amontoado de coisa feia nas paredes, ou até mesmo pra quem não tem que lidar com nenhum desses problemas, afinal, ainda existe muito lugar sem o aquecedor a gás e seus estorvos!

areadeservico01

Imagens: Reprodução

Começando por uma Área de Serviço dos sonhos, parede em tecnocimento, o famoso cimento queimado, que está super em alta ultimamente, apesar do preço! Móveis laqueados brancos, aquela iluminação com fitas de led embutidas embaixo do armário que dá aquele tchan na decoração, piso provavelmente vinílico imitando madeira (que pode ser aplicado tranquilamente em áreas molhadas, pois é lavável), e uma parede de lousa pra você desenhar o que vier na telha! O resultado é um ambiente super moderno, sonho de consumo de todo mundo que vai passar horas nesse lugar fazendo os afazeres domésticos, hehehe! Deve ficar até mais fácil de fazer tudo com um visual desses! E que tal misturar tecnocimento com outro revestimento que está super em alta, o ladrilho hidráulico, pra dar aquele toque de cor a esse ambiente que já é sizudo por si só? Além disso, esse tampo de madeira é o que faltava pra combinar muito bem com toda a composição, e o fato dele ser retrátil justamente em cima do tanque é uma ideia de mestre: só quem tem a Área de Serviço super pequena sabe como cada cm² conta! Mas fica a dica já dada no post sobre os Banheiros: pra arriscar revestir o shaft com tecnocimento é preciso ter dinheiro sobrando e coração gelado, pois, caso haja qualquer vazamento, é esse shaft que vão quebrar, e beijo-tchau pra todo aquele dinheiro investido em um revestimento super legal!

areadeservico02

Imagens: Reprodução

Inclusive, essa Área de Serviço, com pastilhas verdes combinando com madeira mais escura, eletrodomésticos em aço inox e uma parede clara e lisa, me agrada muito esteticamente, mas com certeza eu trocaria a ordem dos fatores, e gastaria meus Temers em uma pastilha pra revestir a parede que é lisa na foto, e deixar o shaft na dele, tranquilão, só esperando pra ser quebrado sem eu querer arrancar meus cabelos! Tipo o ambiente dessa segunda foto, que, aliás, também usa e abusa da madeira combinada com vidros serigrafados ou acrílicos leitosos pra deixar a decoração da Área de Serviço super legal!

areadeservico03

Imagens: Decoração

Por fim, dicas não de acabamentos em si, mas de soluções pra deixar o ambiente menos feio e mais prático: se quiser cobrir tudo, aquecedor, duto, tubulação de gás aparente, aposte nesses armários vazados de madeira ripada! Mas tem que ser vazado? Tem sim! Imagina se acontece alguma coisa e tem vazamento de gás dentro de um armário fechado, e você só percebe tarde demais porque não sente o cheiro e não tem por onde esse gás sair? Então, já sabe: se for querer cobrir toda aquela tralha, armário vazado, de preferência na parte de baixo também (sem o fundo), especialmente se esse armário só tiver a função de esconder a bagunça do gás mesmo! E por último, uma dica legal para lavanderias pequenas, onde cada espacinho tem muito valor: um móvel de rodinhas embaixo da área do tanque pra guardar baldes, escovas, produtos de limpeza, e tudo mais que a imaginação permitir! Super legal, né?

Bom, meninas, espero que as dicas ajudem quem está pensando em reformar a Área de Serviço pra deixá-la um pouco menos deprê durante a realização das tarefas domésticas! Com certeza uma decoração bem legal vai deixar tudo menos árduo e cansativo! =)