Inspiração: Colete de Pêlos Falsos

Os looks invernais já costumam ser chiquérrimos por si só! Muita gente aguarda ansiosamente pelo frio só pra poder se produzir toda e sair pela rua desfilando a sua produção!

E como deixar esses looks já tão poderosos ainda mais glamourosos? A resposta está no colete de pêlos falsos!!! Além de dar aquele toque de perua à produção, que quase toda mulher adora, ainda deixa o look com cara de elaborado, afinal, usa o artifício da terceira peça, que acaba deixando a produção mais completa, e logo, mais agradável aos olhos – desde que tudo orne, é claro!

Eles praticamente invadiram o closet das brasileiras, e se você ainda não tem um pra chamar de seu, tenho certeza que vai ficar morrendo de vontade de comprar um depois dessas inspirações lindas que eu separei pra colocar aqui! Vamos dar uma olhada?

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

A combinação mais óbvia é usar o colete de pêlos falsos com uma calça! Perceba como é uma peça coringa e democrática: ele fica super bem com calças estampadas, coloridas, de couro e até com o bom e velho jeans! Agora imaginem todas essas produções sem o colete… Não teriam a menor graça, né?

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

Pra fugir do comum, que tal combinar a peça com uma saia? E perceba aqui também a versatilidade do colete: fica super bem com qualquer tipo de saia! Fit and flare, justa, longa ou lápis! É só escolher a sua preferida e arrasar!

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

E as pernocas podem continuar de fora em looks invernais – e outros nem tantos – com coletes de pêlos falsos e shorts! Veja como o look da Alessandra Ambrosio nem é tão invernal, ela tá até de rasteirinha, e ficou maravilhoso com o complemento do colete!

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

E para deixar aquele vestido ainda mais cheio de glamour, coloque o colete por cima e voilà! Não importa se ele é liso, estampado, listrado, ou mesmo se tem uma pegada mais verão, todo fluído e em cores claras: o colete deixa todas as produções, sem exceção, com cara de muito mais pensadas do que se a pessoa tivesse saído só com o vestido!

Depois desse post e de comprovar as mil e uma utilidades dos coletes de pêlos falsos, não dá pra deixar de ter um pra chamar de seu, né?

Mas sejamos conscientes e optemos sempre pelo pêlo sintético, gente!!! Nada de pêlos de animais só pra gente poder ficar mais bonita!!! O pêlo sintético é tão bonito quanto, ecológico, e muito mais barato!!! Só vantagens!!! =)

Anúncios

Acessório: Lenço

Venhamos e convenhamos, não existe um acessório mais versátil do que o lenço! Além de você poder contar com ele tanto no Inverno quanto no Verão, ele pode ser usado no pescoço, na cabeça, na cintura, no corpo inteiro, na bolsa… São realmente muuuuitos jeitos de usar, basta usar a criatividade!

Lisos ou estampados, de malha, de seda, de lã, de viscose… Os lenços dão um tcham a mais na sua produção, e de quebra são super baratos e fáceis de encontrar, todo mundo tem pelo menos um que goste muito no armário!

E pra ilustrar toda essa versatilidade, deixo pra vocês um vídeo que eu vi essa semana e achei super legal, de uma menina que mostra de um jeito muito divertido 25 maneiras diferentes de usar o lenço!

Não é demais??? Espero que vocês tenham gostado tanto quanto eu gostei! =)

Esmalte da Semana: Londres

Tenho até vergonha de utilizar a palavra “semana” pra esse post… Tá mais pra esmalte do semestre, isso sim! Hahaha!

Pois é, meninas, com tanta coisa pra fazer e o tempo cada vez mais curto, eu estava sem fazer minhas unhas desde fevereiro!!! Pasmem!!! Já não estava mais agüentando aquelas cutículas grossas, minha unha cada vez mais quebradiça, e aquela aparência de desleixo total!

Anita-Londres

Resolvi acabar com isso semana passada, e ainda optei por um tom super na moda e com a cara do Inverno pra passar, afinal, daqui a pouco o frio vai embora e eu ainda não usei nenhum dos meus esmaltes pra estação, hehehe! A cor é Londres, da linha de esmaltes da Anita! Ele é cremoso e puxado pro tom “fendi”, que, além de achar super chique, é uma cor coringa, acaba combinando com qualquer roupa que você escolher!

Quanto à análise técnica do esmalte, o poder de cobertura é médio, ou seja, só fica bom mesmo com a segunda demão! Mas aí fica perfeito, sem nenhuma manchinha sequer! E também é muito fácil de limpar, basta passar o algodão com acetona levemente em cima do excesso que sai rapidinho, sem grandes esforços!

Já estou com ele desde quinta, e apareceram apenas alguns lascadinhos em duas unhas, ou seja, a duração dele também é boa!

Confesso que não conhecia essa marca, mas testei e aprovei! =)

10 Coisas Para se Fazer em Peruíbe

Julho é mês de férias, eeeee! O que significa planejar aquela viagem mega sofisticada, cara, e pra bem longe do Brasil, né? Não necessariamente! Quando a gente está sem muito tempo ($$$) pra viajar pra longe, acabamos tendo que nos virar por aqui mesmo! Mas isso pode nos render surpresas formidáveis!

Como foi o caso das minhas últimas férias! A viagem pra Colômbia não deu certo, então o namorado e eu decidimos de última hora passarmos dez dias em Peruíbe, no litoral sul de São Paulo! Eu achava que já sabia tudo o que a cidade tinha pra me oferecer, mas só depois dessa viagem, com a cabeça mais aberta pra novas descobertas, que eu me apaixonei e realmente conheci a cidade!

E hoje venho com algumas dicas de lugares para você, que ainda não conhece Peruíbe, ou mesmo que acha que já conhece!

PRAINHA

Prainha

De tanto que eu amo essa praia, ela já apareceu aqui pelo blog como uma das minhas 5 Preferidas do Litoral Paulista, e claro que não poderia deixar de ser citada novamente nesse post! Depois de uma pequena estradinha de terra que conecta a Estrada do Guaraú à entrada da praia, você chegará no paraíso e poderá desfrutar de uma paisagem exuberante o dia todo, com o mar azul de fundo, e uma faixa de areia cheia de pedras salpicadas por toda a extensão! Para se apaixonar e querer voltar sempre!

BARRA DO UNA

Barra do Una

Por estar situada a 23 km do centro da cidade, e com acesso dificultado por uma estrada de terra e cascalho com alguns trechos meio tensos (especialmente em épocas chuvosas), é uma praia pouco freqüentada pelos turistas, mas com uma beleza natural de tirar o fôlego! Inserida dentro da Estação Ecológica da Juréia, essa praia conta com cinco ecossistemas em suas redondezas, dunas, várzea, mangue, restinga e mata, e encontra-se totalmente preservada, o que é uma raridade hoje em dia! Vale muito a pena a visita, mas vá preparado, porque a infraestrutura para turistas vai de precária a nula, especialmente em baixa temporada!

CANTINA O GORDO

O Gordo

Se existe um restaurante que vale a pena a espera para entrar, é a Cantina do Gordo! Com pratos deliciosos, fartos e a preços mais do que justos, o restaurante, comandado de perto pelo dono, um senhor que faz jus ao nome do restaurante e que verifica pessoalmente cada prato que sai da cozinha, abre somente em determinados dias da semana, e vive com fila na porta! Não deixem de provar o Spaghetti com Camarões, ou o Camarão do Gordo, acompanhados por uma casquinha de siri e uma cervejinha sempre gelada!

MIRANTE DA SERRA DO GUARAÚ

Nascer-do-Sol

Parar lá durante o dia para apreciar a vista do mar e de parte da cidade já é parada obrigatória para todos os turistas que freqüentam a cidade, mas a minha dica é que visitem o local durante o nascer do sol! O resultado é o astro rei deixando um rastro dourado no oceano, e você boquiaberto com toda a maravilha que está observando! E não deixe de passar muito repelente pra poder aproveitar o espetáculo com tranquilidade!

MERCADO MUNICIPAL DE PEIXES

Mercado de Peixes

Se você gosta de peixes e frutos do mar, esse é o seu lugar! São vários quiosques pra oferecer ao público sempre o que acabou de ser pescado pelos pescadores locais! Vá à barraca 30, que oferece sempre salmão e camarões fresquinhos e deliciosos, além de serem bem atenciosos e simpáticos com seus clientes! Não deixe também de provar algumas ostras durante sua visita ao local!

PÔR-DO-SOL NA PONTE

Pôr-do-Sol

Logo atrás do Mercado de Peixes, existe um rio que desemboca no mar, e para atravessá-lo, existe uma ponte com uma das melhores vistas para curtir o pôr-do-sol na cidade! O cenário fica perfeito com a composição de montanhas ao fundo, muita vegetação, um píer, e os reflexos dourados do sol na água cristalina do rio! O repelente também é válido pra cá!

PARNAPUÃ

Parnapuã

Essa praia é tão, mas tão preservada, que seu acesso se faz somente por trilha ou por barco em mar aberto, e existe um controle de permanência por lá durante a alta temporada! Fui uma vez só de lancha e valeu muito a pena, você simplesmente esquece do mundo, tamanha a paz e tranquilidade que o ambiente te proporciona! Por ter mar bastante agitado, a praia é bastante freqüentada por surfistas! Leve mantimentos para passar o dia, visto que a infraestrutura é inexistente, e aproveite para levar sacos de lixo e recolher tudo o que não pertence ao local! Não deixe de combinar com o cara do barco um horário de retorno pra vocês não ficarem esquecidos no meio do nada e terem que voltar por trilha, que, pelo que eu li, exige um certo preparo físico da galera!

FEIRINHA

Feirinha

Para quem está com família, crianças, ou mesmo não curte baladas ou barzinhos mais movimentados, a feirinha de Peruíbe é um bom lugar para passear à noite, e de quebra comer alguma coisinha gostosa! As opções vão desde temaki a lanches variados, passando por crepes, fogazzas e vários doces! Vale a pena dar uma olhada nas lojinhas com artesanato local! E caso esteja com crianças, elas poderão curtir o parquinho, que fica por lá também!

PÃO DE MAÇÃ

Pão de Maçã

Com duas unidades espalhadas pela cidade, essa padaria artesanal é uma gracinha, desde o ambiente todo decorado como se fosse um chalézinho nas montanhas, até os docinhos deliciosos que comercializa! Vá para curtir o café da manhã, são diversas opções de pães, bolos, doces, mas o meu preferido é o omelete de peito de peru e ervas finas! Você vai sair de lá satisfeito e encantado!

CACHOEIRA DO PEREQUÊ

Cachoeira do Perequê

O único ponto turístico de Peruíbe que falta eu conhecer pessoalmente, apesar de ter visto a cachoeira de longe! Não curto muito entrar em água gelada e morro de medo de escorregar em uma pedra e me machucar, mas tenho certeza que o cenário maravilhoso de pura natureza preservada vai ser o suficiente pra eu curtir muito o local! O acesso, controlado por guardas florestais, se dá por meio de uma estradinha de terra e cascalho! A dica do repelente também vale pra cá!

E vocês, já conhecem Peruíbe? Conheciam todos esses lugares que eu citei? Indicariam mais algum? Me contem!!! =)

Look da Milis: Casaco Off-White + Cachecol Xadrez

Definitivamente, o Inverno chegou em São Paulo!!! E trouxe com ele um frio que há tempos não se via – e se sentia – por aqui! Não dá nem pra pensar em sair de casa sem estar devidamente agasalhada, senão você congela!

E semana passada o frio estava ainda mais intenso! Mesmo eu, que trabalho em um lugar quentinho, não estava agüentando! Quando é assim, eu apelo logo pra um casaco de lã!

CasacoMalise_LeggingAmarras_CachecolIta_BotaSchu_BolsaSchu

Como nesse dia, especificamente, eu ía passar o dia inteiro na rua, acabei optando por um dos casacos mais quentes que eu tenho, esse off-white de cashmere da Malise! Adoro essa peça, e acho que todo mundo tem que ter um casaco dessa cor no closet: é chique e super fácil de combinar! Usei com minha calça legging preta da Amarras!

CachecolXadrez_BrincoRomanel

E como o frio realmente estava de rachar, resolvi colocar meu cachecol xadrez no pescoço! Ele foi um souvenir da minha primeira viagem pra Itália, ou seja, foi feito pro frio de lá, todo flanelado, uma delícia, e dá super conta de me esquentar no nosso frio tropical, hehehe! Como o cachecol já chama atenção suficiente na área do pescoço, escolhi esse brinquinho dourado da Rommanel!

Bota_BolsaSchu

Nos pés, como não poderia deixar de ser, uma bota! Optei por essa da Schutz marrom ao invés de uma preta, pra dar mais cor à produção! E arrematei com minha bolsa no mesmo tom, da mesma marca!

E aí, curtiram o look? Ficaram quentinhas só de olhar? Hehehe! =)

Inspiração: Trench Coat

Nesse friozão que tem feito ultimamente, tudo o que a gente quer é sair por aí bem quentinha, e de quebra, chiquérrima, como só o Inverno nos permite estar, não é mesmo? E a peça que tem mais a ver com essa necessidade é, na minha opinião, o Trench Coat!

Criado para proteger os soldados da Primeira Guerra Mundial do frio e da chuva, hoje em dia esse sobretudo impermeável ocupa lugar de destaque nas passarelas, tornando-se ícone da finesse e peça obrigatória no closet das mulheres que adoram se vestir bem!

E já que o frio veio pra ficar, separei algumas inspirações com essa peça tão chique! Vamos ver?

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

Nada mais óbvio do que combinar o Trench Coat com uma calça, especialmente em dias muito frios. Você pode obter looks mais despojados ao combinar a peça com jeans e blusinhas básicas (veja que graça que ficou com a blusinha listrada), ou algo mais sofisticado ao mudar o material da calça pra alfaiataria, por exemplo! Esse look com essa calça off-white ficou simplesmente divino!

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

E já que ele é mais leve que um sobretudo de lã, pode muito bem ser usado em dias não tão frios, o que permite combiná-los com saias! Veja como ele pode simplesmente fazer a vez de um blazer em um look de Verão, até de uma capa para os dias mais frios! Permite todo o tipo de combinação, o ano inteiro!

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

Os looks com shorts são provas irrefutáveis disso! Veja como todos os Trench Coats parecem apenas complementar e adicionar estilo às produções feitas para dias mais quentes! E cumpre esse papel com maestria!

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

Também deixam aquele vestido, seja ele básico ou incrementado, ainda mais chique, especialmente quando utilizado como no segundo look, entreaberto, mas com o cinto fechado! Nesse caso, eu sempre optaria por cores neutras, como o cáqui ou o azul marinho, pra peça não brigar com o protagonista do look!

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

E além de cobrir vestidos, ele pode ser utilizado como um vestido! Basta fechá-lo completamente e arrematar com o cinto! Além de criar um look lindo, fica super feminino, e o melhor, dá a impressão de emagrecimento, pois a cintura fica bem demarcada, e cria-se um volume na parte de baixo! Use e abuse de scarpins ou botas de salto alto para complementar a produção!

E aí, vocês gostaram das inspirações? Já têm um Trench Coat no closet? =)

Receita da Milis: Cebola Caramelizada

Sabe aquela receita super rápida e prática que você vive fazendo, mas sente que falta um quê pra deixar ela ainda mais gostosa? Uma pegada meio agridoce, quem sabe?

Um dia eu fui jantar na casa de uma amiga chef de cozinha, que serviu a minha massa preferida: carbonara! Eu já tinha provado essa receita dessa minha amiga e tinha super aprovado, mas dessa vez a surpresa ficou por conta de um detalhe que fez toda a diferença: ela acrescentou, em cima da massa, já no prato, um punhado de CEBOLAS CARAMELIZADAS! Sem comentários pro tanto que essa combinação ficou boa!!!

CebolaCaramelizada

E hoje eu vou dar a receita da porção individual desse complemento que pode ser usado em alguns casos, como em massas com molhos brancos ou a base de queijo, em alguns salgadinhos, em cima de algumas carnes, ou onde quer que ela orne com o sabor do prato principal! O céu é o limite!

INGREDIENTES

Ingredientes

– 1/4 cebola (roxa ou branca, tanto faz);

– 2 colheres de sopa de vinagre balsâmico;

– 3 colheres de chá de açúcar mascavo;

– azeite.

MODO DE PREPARO

Preparo

Corte a cebola em fatias bem fininhas e compridas, como na figura (1) para que elas possam caramelizar com mais facilidade. Coloque um fio de azeite em uma frigideira e doure as cebolas em fogo médio, como na figura (2). Quando elas já estiverem douradas, acrescente as colheres de vinagre balsâmico, misture, e em seguida acrescente as colheres de açúcar mascavo, como na figura (3). Mexa sem parar até a consistência da mistura adquirir uma certa viscosidade, como na figura (4). É importante que você desligue o fogo antes dela adquirir a consistência esperada, pois, durante o resfriamento, a mistura se torna mais viscosa ainda! Deixe esfriar e sirva do jeito que quiser!

Agora eu não consigo mais comer carbonara sem a tal da cebola, hahaha! Experimentem fazer em casa e depois me contem se gostaram! =)