O Fim da Revista Capricho

Foi anunciado hoje pela editora Abril o fim da versão impressa da revista que marcou a adolescência de muitas meninas brasileiras, a Capricho! Resistiu bravamente a diversas gerações, de 1952 a 2015, mas perdeu a luta pra Internet… A partir de agora, as adolescentes contarão apenas com uma versão online da revista, que passa a ser publicada semanalmente! E logo esse assunto se tornou viral…

E eu não poderia deixar de fazer um post a respeito, afinal, a revista Capricho fez parte da minha adolescência, e me acompanhou como uma amiga fiel até eu virar adulta, e não me identificar mais com suas matérias…

Me lembro como se fosse ontem, quando fui na banca atrás da minha primeira revista Capricho, cuja capa era com a Sandy ainda criancinha, em um fundo cheio de balões coloridos, inspirada pelas outras meninas da minha sala que andavam pra lá e pra cá com a revista impressa. Estava esgotada! Tive que esperar longos quinze dias para a próxima edição, com a então nada conhecida modelo Alessandra Ambrósio, usando um vestido que nos alertava sobre o Dia Mundial da Luta Contra a AIDS!

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

Viciei e virei até assinante da revista! A minha capa preferida era a capa com as modelos Gisele Bündchen (na época, longe de ser a über model que é hoje) e Barbara Larsson, de quem eu era fã, especialmente por causa de seu cabelo maraaaaa! Coincidências da vida, acabei encontrando com ela sem querer ano passado e até tirei foto, bem estilo tiete mesmo, de tanto que a revista me marcou – e ela vira e mexe era a garota da capa!

Ok, os assuntos eram muitas vezes BEM machistas, polêmicas meio supérfluas, matérias muitas vezes praticando bullying… Mas mesmo assim, era o nosso único acesso à informação em uma época bem diferente de hoje, onde o Google ainda não existia! E para poder saber notícias dos nossos ídolos, ou mesmo saber montar um look do dia, ou até mesmo saber se o boy magia estava a fim da gente (ai, aqueles testes…) tínhamos que recorrer à Capricho, e ponto final!

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

Me lembro da ansiedade que era esperar o cara do correio chegar na quinta-feira com a revista novinha, pra poder folheá-la de cabo a rabo até esperar ansiosamente pela outra… E era justamente essa a graça, folhear, pegar, sentir, cheirar, carregar pra lá e pra cá, e muitas vezes picotar ela inteira atrás de material pra colorir a agenda…

Definitivamente, é o fim de uma era!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s