Hora da Vistoria

E aí que você compra seu apartamento na planta, e o mais próximo que você pode chegar de se imaginar morando lá é observando a maquete do stand de vendas… Putz, mais dois anos – no mínimo – de espera pra você poder botar os pés no teu tão sonhado cantinho…

Mas eis que o tempo voa, e um belo dia você recebe o telefonema da construtora pra agendar a VISTORIA!!! Eeeeeee!!! Que emoção, que alegria, que ansiedade!!!

Mas calma! Não é hora de se deixar levar pelas emoções! Você precisa respirar, parar de pular, e voltar ao modo racional, hehehe! E, principalmente, se organizar, porque lá vem uma etapa muito importante para evitar dores de cabeças futuras em relação ao seu apê!

Quando eu recebi a ligação, também fiquei muito eufórica, mas a euforia logo virou preocupação por não saber nem por onde começar uma vistoria, isso porque eu sou arquiteta, né… Abafa! Hahahaha!!! E foi googlando sobre o tema que eu achei o check list perfeito da Bruna Dalcin no blog Comprando Meu Apê! Ela montou uma lista tão perfeita que tinha até mais coisa que a lista da própria construtora, hehehe! E como eu imprimi pra levar, vou deixar uma cópia pra vocês aqui também!

check_list_vistoria_

Fonte: Comprando Meu Apê

Fonte: Comprando Meu Apê

Fonte: Comprando Meu Apê

E já que ela já fala praticamente tudo no check list, vou escrever algumas dicas que eu achei importante durante a vistoria!

– não se esqueça de levar os equipamentos necessários (descritos na lista acima) e a própria lista, apesar de muitas vezes as construtoras fornecerem suas próprias listagens;

– vá com calçados e roupas confortáveis, pois você terá que agachar no chão diversas vezes para observar detalhes rente ao piso;

– como eu já disse, tente controlar a ansiedade de estar pisando no seu apartamento pela primeira vez e ligue o modo racional do seu cérebro! Muita euforia te fará perder detalhes importantes, e são justamente nesses detalhes que encontramos os erros de projeto/execução;

– caso o engenheiro da construtora não te deixe à vontade e fique tentando tapar o sol com a peneira, deixe claro pra pessoa que você está lá para verificar TODOS os erros que por ventura a construtora possa ter cometido, e que postergar esse processo só vai gerar mais dor de cabeça pra você e pra ele;

– não tenha vergonha de reclamar diversas vezes sobre o mesmo motivo, se for necessário! Todas as guarnições das janelas do meu apartamento estavam riscadas, e eu fiz trocarem todas, não tava nem aí! E eles compreenderam e trocaram sem reclamar;

– se você tem certeza que vai trocar todos os revestimentos, os metais, as louças e as pedras, deixe pra lá qualquer problema encontrado, mas só se tiver certeza ABSOLUTA, senão depois quem arcará com o prejuízo vai ser você;

– vá durante o dia: a luz do sol te fará enxergar os defeitos melhor;

– aproveite a oportunidade para fazer o levantamento do seu apartamento, ou seja, conferir se as medidas executadas batem com as medidas de projeto. Além de ser um item do check list, você poderá ter as medidas exatas de todos os cômodos, o que te permitirá iniciar o projeto de arquitetura antes da entrega das chaves;

– logo, vá acompanhado! Você precisará de mais alguém para segurar a trena pra você;

– com tudo checado e com a missão cumprida – e comprida – relaxe e ligue o modo eufórico de volta! Curta passear pelos ambientes, curta se imaginar morando lá, curta a vista da sua varanda: aquilo tudo é seu e com certeza é uma conquista que merece ser muito comemorada!

E eu deixo vocês com a vista do meu apê…

Vista

Inspiração: Blusa Ciganinha

Quando eu era criança, uma das minhas brincadeiras favoritas era justamente de cigana! Lembro de esgarçar várias golas das minhas camisetas pra colocá-las nos ombros, jogar uns panos na cabeça, e me encher de correntes douradas pra ficar igual às ciganas… Vai entender, né… Acho que faz parte do sangue espanhol que corre nas veias, hahaha!

Nem preciso dizer que quando a blusa ciganinha virou hit do verão eu já garanti logo duas de uma vez! Amei! E tá aí uma tendência que parece que veio pra ficar, pois a blusa, também conhecida como ombro-a-ombro, continuará firme e forte no inverno que está chegando também!

Então nada mais justo do que a gente caçar looks pra todos os gostos e continuar investindo na peça pra montar produções arrasadoras! Vamos ver algumas inspirações?

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

Acho que a combinação mais óbvia é usar a blusa ciganinha com shorts! Opções com mangas mais curtas ou mais compridas, não importa, ficam ótimas com um shortinho, se acompanhadas de uma rasteirinha estilosa então… Look perfeito pra um dia relax e despojado!

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

Mas se você quer dar uma incrementada no look e deixar a produção mais arrumadinha, aposte na blusa ciganinha com uma saia! Mas cuidado, como essas blusas geralmente são mais larguinhas, a saia deverá ser mais justinha, como uma saia jeans, ou mesmo as saias fit and flare (que já foram assunto desse blog em outro post) por estas serem mais justinhas no quadril. Uma saia longa muito ampla, por exemplo, te deixaria com cara de cigana legítima, então, a não ser que você adore a fantasia, fuja da combinação!

Imagens: Reprodução

Imagens: Reprodução

Mas você não quer usar nem saia e nem shorts? Não tem problema, elas ficam ótimas com calça também! E deixa até a produção mais séria, se esse for o intuito! Só lembrando que a calça pode até ser flare ou boot cut, não precisa necessariamente ser skinny, justa dos pés à cabeça, mas deve ser justa no quadril pra evitar um excesso de volume na região!

E vocês, gostam das blusas ciganinhas? Usaram e abusaram no verão?